Brasileiro Série A

Grêmio Arena | 5/5/2019 - 19:0

Futebol/Série A

Em jogo emocionante e de nove gols, Fluminense derrota o Grêmio

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
05/05/2019 21:02:06 — 05/05/2019 21:04:05

Em: Brasileiro Série A, Fluminense, Futebol, Grêmio, Notícias

Após sofrer três gols no início, o Fluminense reagiu e conseguiu vencer o Grêmio por 5 a 4, neste domingo, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os cariocas conquistam sua primeira vitória e deixam a lanterna da Série A. Já os gaúchos seguem com apenas um ponto e seguem na zona de rebaixamento.

O Grêmio iniciou com tudo a partida e abriu 3 a 0 com 20 minutos, após gols de André, Everton e Jean Pyerre. Ainda na etapa inicial, o Fluminense reagiu e diminuiu após gols de Yonny González e Luciano. No segundo tempo, os visitantes conseguiram a virada com Matheus Ferraz e Pedro. Kannemann deixou tudo igual para os gaúchos, mas nos acréscimos, Yonny González marcou o quinto para decretar a vitória dos cariocas.

Na próxima rodada, o Fluminense terá o clássico contra o Botafogo, no sábado, no Maracanã. No mesmo dia, o Grêmio vai até a capital paulista para enfrentar o Corinthians.

O jogo – O Grêmio começou a partida já pressionando o Fluminense e abriu o placar logo aos cinco minutos. Cortez cruzou rasteiro para a área e André escorregou para mandar para a rede, sem chance para Rodolfo.

Mesmo depois do gol, os donos da casa seguiram melhores em campo e rapidamente ampliaram a vantagem na Arena. Aos 12 minutos, Alisson cruzou pela direita e Everton cabeceou cruzado para a rede.

Partida histórica teve nove gols ao total (FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C)

O Fluminense mal passava do meio, pois continuava sendo pressionado pelos gremistas. Os gaúchos mantiveram o ritmo e chegaram ao terceiro aos 21 minutos. Jean Pyerre tabelou com André e tocou na saída de Rodolfo.

Com a ampla vantagem, o Grêmio diminuiu o ritmo e passou a administrar o resultado. Com isso, o Fluminense melhorou na partida e conseguiu buscar o ataque com mais intensidade. Os cariocas chegaram ao primeiro gol aos 38 minutos. Após troca de passes entre Caio Henrique e Luciano, a bola chegou em Yony González, que mandou para a rede.

O gol animou os visitantes, que marcaram o segundo aos 40 minutos, após falha de Julio César. O goleiro tentou driblar Luciano, mas perdeu a bola e viu o atacante empurrar para a rede.

Nos minutos finais, o Grêmio voltou a chegar com perigo. André aproveitou cruzamento e cabeceou fraco. Maicon tentou se esticar para colocar para o gol, mas não alcançou a bola. O Fluminense conseguiu equilibrar o confronto, mas teve que se contentar em ir para o intervalo atrás no marcador na Arena.

No segundo tempo, quem começou a todo vapor foi o Fluminense. Com um minuto e meio, os cariocas perderam duas chances de empatar o jogo. Na primeira, Bruno Silva pegou rebote na entrada da área e chutou para grande defesa de Julio Cesar. No cobrança de escanteio seguinte, Matheus Ferraz cabeceou, mas parou em mais uma defesa difícil do goleiro gremista.

Após os sustos, o Grêmio tentou esboçar uma reação, mas viu o Fluminense assustar novamente aos sete minutos. Em mais uma cobrança de escanteio, novamente Matheus Ferraz apareceu para cabecear. Desta vez, a bola veio mais fraca, mas Julio Cesar foi obrigado a espalmar para fora.

De tanto insistir, os visitantes chegaram ao empate aos nove minutos. Em falta cobrada na área, Luciano cabeceou para o gol, mas Julio Cesar fez a defesa. Só que Matheus Ferraz estava atento para pegar o rebote e mandar para a rede.

Após o empate, o Grêmio conseguiu equilibrar o confronto e passou a ter mais posse de bola, mas não criava boas chances. O Fluminense focou nos contra-ataques e chegou a virada aos 26 minutos. Kannemann agarrou Matheus Ferraz na área e o árbitro marcou pênalti. Pedro cobrou com categoria para colocar os cariocas a frente no placar.

Com o revés, os donos da casa foram com tudo em busca do empate. Com isso, o jogo ficou aberto, pois o Fluminense seguia buscando os contra-ataques. O Grêmio quase marcou aos 34 minutos. Marinho aproveitou erro de Bruno Silva, entrou na área, mas chutou por cima do travessão. A resposta dos vistantes veio em seguida. Em avanço rápido, Daniel finalizou para boa defesa de Julio César.

Os gaúchos seguiram insistindo e na base da raça chegou ao quarto gol, aos 38 minutos. Após cobrança de escanteio, Kannemann subiu sozinho e cabeceou para a rede.

Nos minutos finais, o confronto ganhou emoção, pois os dois times foram em busca da vitória. O Grêmio quase virou em chute de longe de Luan. Rodolfo estava atento para fazer boa defesa. Depois, foi a vez de Cortez cruzar e André não conseguir a finalização. Os lances animaram os gaúchos, que assustaram em chute de Marinho que parou no goleiro carioca. Quando parecia que o jogo terminaria, o Fluminense que marcou o quinto, nos acréscimos. Yonny González aproveitou rebote dado por Kannemann e chutou sem chance para Julio César para dar números finais na Arena.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 4 X 5 FLUMINENSE

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Data: 05 de maio de 2019, domingo
Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Neuza Inês Back (Fifa-SP)
VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP) auxiliado por Rodrigo Batista Raposo (DF) e Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP)

Renda: R$ 266.323,00
Público: 8.390 pagantes
Cartões amarelos: Kannemann e Matheus Henrique (Grêmio); Guilherme (Fluminense)
GOLS
GRÊMIO: André, aos 5min do primeiro tempo; Everton, aos 12min do primeiro tempo; Jean Pyerre, aos 21min do primeiro tempo; Kannemann, aos 38min do segundo tempo
FLUMINENSE: Yony González, aos 38 min do primeiro tempo e 46min do segundo tempo; Luciano, aos 40min do primeiro tempo; Matheus ferraz, aos 9min do segundo tempo; Pedro, aos 26min do segundo tempo

GRÊMIO: Paulo Victor, Léo Moura, Michel, Kannemann e Cortez; Matheus Henrique, Maicon (Felipe Vizeu), Jean Pyerre (Luan) e Alisson (Marinho); Everton e André
Técnico: Renato Gaúcho

FLUMINENSE: Rodolfo, Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Caio Henrique; Airton (Daniel), Bruno Silva, Allan; Guilherme (Pedro), Luciano (Igor Julião) e Yonny González
Técnico: Fernando Diniz

Ads – Rodapé Posts




Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escalação
Grêmio

Júlio César


Léo Moura


Kannemann


Bruno Cortez


Michel


Matheus Henrique


Maicon


Jean Pyerre


Alisson


Everton


André


Luan


Marinho


Felipe Vizeu


Tec - Renato Portaluppi
Fluminense

Rodolfo


Gilberto


Matheus Ferraz


Nino


Aírton


Bruno Silva


Allan


Caio Henrique


Guilherme


Luciano


Yony González


Danielzinho


Pedro


Igor Julião


Fernando Diniz - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores