Brasileiro Série A

Arena do Grêmio | 12/08/2018

Futebol/Série A

Douglas volta a marcar, Grêmio goleia e dorme em terceiro lugar

São Paulo , SP
12/08/2018 20:49:30

Em: Brasileiro Série A, Futebol, Grêmio, Notícias, Vitória
Douglas voltou a marcar neste domingo (Foto: Lucas Uebel/GFBPA)

O camisa 10 do Grêmio voltou de vez. Depois de um ano e meio parado por lesões no joelho esquerdo, Douglas foi o principal nome da goleada do time gaúcho para cima do Vitória, na Arena, por 4 a 0. A partida deste domingo entre as duas equipes foi válida pela 18ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

O meia comandou as ações ofensivas do Tricolor na primeira etapa, voltando a anotar um gol desde o dia 26 de outubro de 2016 e servindo assistência para o segundo tento do confronto, anotado por Jailson. O jovem Pepê e Everton completaram o placar no tempo final.

Com o resultado, a equipe comandada por Renato Gaúcho alcança a marca de 33 pontos conquistados, “dormindo” na terceira posição da tabela de classificação. Caso o Internacional não vença o Fluminense nesta segunda-feira, o Grêmio fecha a rodada entre os três primeiros. Já o Vitória estaciona nos 19, apenas um ponto à frente do Santos, primeiro clube dentro da zona da degola.

Na próxima rodada da competição nacional, a última do primeiro turno, o Grêmio vai até a Arena Corinthians para enfrentar o time da casa, às 19h00 (horário de Brasília) do sábado. Por outro lado, o Vitória aguarda o Palmeiras no Barradão, no domingo, às 16h00.

O jogo – O primeiro minuto de jogo deu o tom do restante da etapa inicial. Logo após o apito de Bruno Arleu de Araújo, os mandantes foram para cima do Leão e assustaram a meta de Ronaldo em finalização de Marinho e boa chegada de Pepê.

A pressão inicial gremista deu resultado aos 11 minutos. Douglas recebeu cruzamento na pequena área e cabeceou, mas Ronaldo fez a defesa sem conseguir encaixar, dando rebote. Na sobra, o próprio camisa 10 do Tricolor Gaúcho não vacilou e mandou para o fundo das redes, inaugurando o marcador.

Sem tempo de assimilar o golpe, o Vitória levou o segundo. Aos 20, Jailson aproveitou a roubada de bola e assistência de Douglas, com grande atuação, e acertou finalização no canto da meta de Ronaldo, não dando chances ao arqueiro: 2 a 0.

O restante da primeira etapa viu um equilíbrio nas ações do confronto, com cada equipe tendo uma boa chance no período. Enquanto Douglas levou perigo em cobrança de falta, Yago, da mesma maneira, tirou tinta da trave de Paulo Victor. No último lance do tempo, entretanto, o Grêmio perdeu a chance de fazer o terceiro: Marinho serviu o lateral Leonardo, que, livre na grande área, chutou por cima do gol.

Nos primeiros dez minutos da segunda etapa, o panorama do final do tempo inicial se repetiu, com o equilíbrio predominante. Isso logo mudou quando, aos 12, o jovem Pepê recebeu passe de Marinho, fez a finta e bateu com categoria, com a lateral do pé. A bola chegou a desviar em Marcelo Meli, enganando o goleiro Ronaldo e entrando para o fundo das redes.

Já perto do final da partida, o time da casa decretou a goleada. Em uma aula de contra-ataque, Everton arrancou com a bola e serviu Jael. O atacante hesitou, mas conseguiu finalizar ao gol, esbarrando na defesa de Ronaldo, que novamente concedeu rebote. A sobra ficou fácil para o próprio Everton fazer o quarto e dar números finais ao confronto.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 4 x 0 VITÓRIA

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS.
Data: 12/08/2018, Domingo.
Horário: 19h00 (Horário de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ)

Cartões amarelos: Paulo Victor (Grêmio); Ruan Renato, Rodrigo Andrade e Kanu (Vitória)
Gols: GRÊMIO: Douglas, aos 11 minutos do primeiro tempo, Jailson, aos 20 minutos do primeiro tempo, Pepê, aos 12 minutos do segundo tempo e Everton, aos 36 minutos do segundo tempo.

GRÊMIO: Paulo Victor; Leonardo Gomes, Paulo Miranda, Marcelo Oliveira e Bruno Cortez; Matheus (Maicon), Jailson, Pepê (Everton), Douglas e Marinho (Alisson); Jael
Técnico: Renato Portaluppi

VITÓRIA: Ronaldo; Jeferson, Kanu, Ruan Renato e Bryan; Ramon (Erick), Marcelo Meli, Rodrigo Andrade (Lucas Fernandes), Neilton e Yago; Walter Bou (Wallyson)
Técnico: João Burse (interino)