Com time em transição, Mano tem maior teste contra estilo definido de Sampaoli

Bruno Ceccon e Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
09/10/2019 15:27:55

Em: Brasileiro Série A, Futebol, Notícias, Palmeiras, Santos
Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O duelo entre Santos e Palmeiras, marcado para as 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, envolve dois dos principais treinadores do Brasil. Ainda no início de sua trajetória pelo time alviverde, Mano Menezes encontrará a equipe dirigida por Jorge Sampaoli com um estilo já consolidado.

Antecessor de Mano Menezes no Palmeiras, Luiz Felipe Scolari foi dispensado sob críticas pelo comportamento de sua equipe. Com um elenco estrelado em mãos, o experiente treinador armou um time que preferia atuar sem grande posse de bola e tinha dificuldades para propor o jogo.

Desde sua contratação pelo Palmeiras, questionada por parte da própria torcida alviverde, Mano Menezes foi cuidadoso com as palavras, mas procurou deixar claro que tem uma filosofia diferente do antecessor, com mais posse de bola, aproximação e troca de passes e menos ligações diretas.

Sob nova direção, o Palmeiras findou um jejum de sete rodadas no Campeonato Brasileiro e acumula uma série de cinco vitórias e dois empates. As diferenças do time de Mano Menezes em relação a Luiz Felipe Scolari foram perceptíveis, a começar pela virada na estreia, algo que o antecessor não conseguiu.

Diante do Santos, com a vice-liderança do Campeonato Brasileiro em jogo, o time de Mano Menezes terá seu maior teste. Se o Palmeiras ainda busca sua nova identidade, o adversário praiano, dirigido por Sampaoli desde o começo do ano, já tem uma cara mais definida.

O Peixe de Jorge Sampaoli tem estilo semelhante desde o Campeonato Paulista: busca pela posse de bola dentro e fora de casa e ataque com pelo menos seis jogadores.

Sampaoli tem adaptado o esquema tático alvinegro a cada rodada e também se moldado ao futebol brasileiro tão competitivo. As eliminações no Paulista, Sul-Americana e Copa do Brasil serviram de exemplo para a equipe não se expor tanto – um exemplo é a própria goleada para o Palmeiras por 4 a 0, no primeiro turno do Brasileirão.

Em casa e principalmente na Vila Belmiro, o Santos se expõe e chega a ter apenas os dois zagueiros do meio-campo para trás. Mesmo com uma proposta mais ofensiva do Palmeiras de Mano, Jorge Sampaoli arma o Peixe para sufocar o rival desde o primeiro minuto.

O Palmeiras é o segundo colocado, com 44 pontos, três à frente do Santos. O Peixe ultrapassará o Verdão se vencer na Vila Belmiro. O líder é o Flamengo, com 52.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com