Brasileiro Série A

Allianz Parque | 4/5/2019 - 19:0

Futebol

Com gol de Deyverson, Palmeiras volta a vencer e segue invicto no Brasileirão

Bruno Calió - São Paulo , SP
04/05/2019 20:52:50 — 05/05/2019 00:13:04

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Futebol, Internacional, Palmeiras

O Palmeiras voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o Verdão encarou o Internacional e venceu com um gol de Deyverson no Allianz Parque, em partida fraquíssima das duas equipes. O triunfo suado garantiu a invencibilidade da equipe comandada por Luiz Felipe Scolari na competição.

Mesmo com o fraco futebol, o Alviverde alcançou números da Academia. São 26 jogos consecutivos sem derrota no Brasileirão, contando as partidas que conduziram ao título brasileiro de 2018. A marca é a mesma do time comandando por Oswaldo Brandão, entre 1972 e 1973.

Com o resultado nesta noite, o Palestra subiu para a vice-liderança do Brasileirão, com sete pontos ganhos. O Inter tem apenas três e está próximo à zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o clube paulista visita o Atlético-MG, domingo, no Independência. Já o Colorado recebe o Cruzeiro, no mesmo dia, no Beira-Rio.

O Palmeiras começou o jogo como campeão brasileiro. Com a volta dos titulares, o Verdão se mostrou disposto a abafar os visitantes em busca do primeiro gol. Com apenas três minutos, Dudu desviou de cabeça o arremesso lateral na pequena área e quase abriu o placar.

O fato de o pequenino camisa 7 ganhar facilmente o lance pelo alto indicou aos comandados de Felipão um possível caminho para a vitória. Pouco depois do primeiro susto, a zaga formada por Moledo e Cuesta deixou outro alviverde sozinho em bola parada, mas Deyverson desviou escanteio cobrado por Dudu pela linha de fundo.

Depois de muito insistir, o gol palestrino saiu. Aos 13 minutos, Dudu cobrou novo corner para a área e Deyverson subiu livre, na primeira trave, para cabecear no contrapé de Marcelo Lomba e abrir o marcador. Falha do goleiro colorado, que não deixou a meta, e do sistema defensivo como um todo, por deixar o centroavante sozinho.

Com o Verdão na frente, o jogo tomou outro rumo. Primeiro, ainda com superioridade palestrina, Paolo Guerrero se envolveu em uma série de confusões, que resultaram em cartão amarelo para o peruano, outro para Felipe Melo e bronca em Dudu. Com bola rolando, o camisa 9 não ganhou uma jogada sequer de Luan, Gómeze Felipe Melo.

O Alviverde abdicou de criar a partir da segunda metade do primeiro tempo e se limitou a marcar o Inter. Com eficiência, o time de Felipão não passou sustos, mas viu os adversários chegarem a 59% de posse de bola.

Palmeiras se limita a defender e não passa sustos

Para a etapa final, o Alviverde manteve sua proposta de cozinhar o jogo até o apito final. O Inter de Odair Hellman, por sua vez, propôs mudanças. Guilherme Parede e D’Alessandro entraram nas vagas de Nico López e Sarrafiore. Assim, o Colorado ganhou poder de articulação no meio-campo, Patrick cresceu no jogo, mas não foi suficiente para que os gaúchos realmente levassem perigo.

O Verdão, por sua vez, teve Scarpa e Dudu em suas piores noites. Sem a dupla criativa e com Zé Rafael também mal, o Palestra sequer construiu contra-ataques. A única real chance de gol veio de novo pelo alto, em cruzamento de Dudu para Bruno Henrique, mas Marcelo Lomba fez boa defesa.

Hyoran e Moisés entraram nas vagas de Scarpa e Zé Rafael, porém, pouco contribuíram. Nos dez minutos finais, o Inter se abriu totalmente com a entrada de Rafael Sóbis na vaga de Edenílson, deixando Rodrigo Dourado como único volante de marcação.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 x 1 INTERNACIONAL

Data: 4 de maio de 2019, sábado
Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Magalhães (Fifa)
Assistentes: Fabio Pereira e Thiago Farinha
VAR: Rodrigo de Sá
Público: 31.549 torcedores.
Renda: R$ 1.952.668,00

Cartões amarelos: Deyverson, Marcos Rocha e Felipe Melo (Palmeiras); Victor Cuesta, Zeca, Guerrero e Sarrafiore (Inter)

GOLS
PALMEIRAS: Deyverson (13/1T)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Zé Rafael (Hyoran); Scarpa (Moisés), Dudu (Raphael Veiga) e Deyverson
Técnico: Luiz Felipe Scolari

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson (Rafael Sóbis) e Patrick; Sarrafiore (D’Alessandro), Nico López (Guilherme Parede) e Paolo Guerrero
Técnico: Odair Hellmann




  • Chico Guru

    Recorde de invencibilidade no Brasileirão e recorde de não tomar gols em 6 jogos no Allianz Park. Quem segura esse Gigante ?

    • Fábio Moura

      QUANDO JOGAR COM O CORINTHIANS NO ALLIANZ PARQUE SÃO JORGE ESSA INVENCIBILIDADE ACABA E COM GOL DO AVELAR

Escalação
Palmeiras

Weverton


Marcos Rocha


Gustavo Gómez


Luan


Diogo Barbosa


Bruno Henrique


Felipe Melo


Gustavo Scarpa


Zé Rafael


Dudu


Deyverson


Hyoran


Moisés


Raphael Veiga


Tec - Luiz Felipe Scolari
Internacional

Marcelo Lomba


Zeca


Víctor Cuesta


Rodrigo Moledo


Iago


Rodrigo Lindoso


Edenilson


Patrick Nascimento


Sarrafiore


Nico López


Paolo Guerrero


Guilherme Parede


D'Alessandro


Rafael Sóbis


Odair Hellmann - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores