Brasileiro Série A

Maracanã | 27/7/2019 - 19:0

Futebol/Campeonato Brasileiro

Com ajuda do VAR, São Paulo garante vitória nos acréscimos e entra no G4

São Paulo , SP
27/07/2019 21:00:58 — 31/07/2019 18:51:44

Em: Brasileiro Série A, Fluminense, Futebol, São Paulo

Foi no sufoco, mas a segunda vitória consecutiva do São Paulo após a seca de resultados positivos veio. Visitando o Fluminense neste sábado, no estádio do Maracanã, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time comandado pelo técnico Cuca contou com a ajuda do VAR para, em um pênalti já nos acréscimos do segundo tempo, garantir o importantíssimo triunfo por 2 a 1 fora de casa. Os dois gols do Tricolor paulista foram marcados por Reinaldo. Yony González descontou para os anfitriões.

Com o resultado, o São Paulo saiu da quinta para a quarta colocação na tabela e atingiu seu primeiro objetivo no Brasileirão, que era entrar no G4, grupo que garante vaga direta à fase de grupos da Copa Libertadores de 2020.

O Fluminense, por sua vez, seguirá na zona de rebaixamento, permanecendo em situação extremamente delicada no torneio por pontos corridos, embora o Cruzeiro tenha perdido para o Athletico-PR e desperdiçado a oportunidade de se distanciar dos quatro últimos colocados.

O jogo – O primeiro tempo começou em ritmo lento no Maracanã. A primeira boa chance de gol só aconteceu aos 15 minutos, quando Alexandre Pato cruzou no segundo pau, e Antony apareceu nas costas da marcação para tentar completar, mas não alcançou a bola, levando as mãos à cabeça e lamentando a oportunidade desperdiçada.

Já aos 19 minutos o São Paulo foi mais feliz e acabou abrindo o placar em jogada de bola parada. Hernanes rolou para Reinaldo, que adiantou a bola e soltou uma bomba do meio da rua para balançar as redes após falha do goleiro Muriel, que passou da bola e não conseguiu fazer a defesa.

Daí em diante o Tricolor recuou, como já havia feito no clássico contra o Palmeiras, no Morumbi, e viu o Fluminense crescer no jogo. Aos 29 minutos, Marcous Paulo tabelou com Ganso e saiu cara a cara com Tiago Volpi, mas o goleiro fez a defesa. No rebote, Ganso tentou encobrir a defesa adversária, mas sem sucesso. Só que a bola continuou com os donos da casa, e Yuri Lima cruzou para Pedro, que apareceu nas costas de Reinaldo para finalizar, mas chutou para fora.

A partida passou a ser praticamente ataque contra defesa, e o São Paulo foi castigado por conta de sua postura conservadora em campo. Aos 35 minutos, Marcos Paulo novamente apareceu bem pela esquerda, nas costas de Igor Vinícius, e encobriu Tiago Volpi, mas carimbou a trave. No rebote, a bola sobrou limpa para Yony González precisar apenas completar de primeira para o fundo do gol e deixar tudo igual antes de as equipes irem para o intervalo.

Segundo tempo

Logo no início da etapa complementar o Fluminense dava sinais de que sua postura não mudaria no restante do confronto. Aos três minutos a equipe comandada por Fernando Diniz fez uma blitz na área adversária e após bate-rebate a bola sobrou para Marcos Paulo finalizar de bicicleta e ver Tiago Volpi fazer boa defesa. O árbitro, contudo, já havia marcado impedimento.

As mexidas de Cuca melhoraram a dinâmica de jogo do São Paulo, que teve uma boa chance de voltar à frente no placar com Antony, que saiu mano a mano com a defesa do Fluminense, mas bateu fraco, facilitando o trabalho do goleiro Muriel. Pouco depois, foi a vez de Tchê Tchê experimentar de fora da área, mas novamente o arqueiro adversário fez a defesa.

Mas era o Fluminense quem conseguia agredir com mais eficiência dentro de campo. Aos 29 minutos, Ganso chegou à linha de fundo após tabela e cruzou na cabeça de Yony González, que subiu mais alto que Reinaldo para chegar arrematando e carimbar o travessão de Tiago Volpi.

Nos minutos finais, o São Paulo parece ter ligado o modo “tudo ou nada” e depois de tanto insistir pelas beiradas de campo acabou chegando ao gol da vitória com a ajuda do VAR, que acusou um pênalti depois de Everton cabecear e a bola bater no braço de Allan. Reinaldo, que já havia aberto o placar, foi para a cobrança e não desperdiçou, batendo firme para assegurar o triunfo do Tricolor paulista.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 2 SÃO PAULO

Local: estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro
Data: 27 de julho de 2019, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Albes (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Público pagante: 20.011 pessoas
Renda: R$ 644.375,00

Gols: Reinaldo, aos 19 do 1ºT e aos 51 do 2ºT(São Paulo); Yony González, aos 35 do 1ºT (Fluminense)
Cartões amarelos: Hernanes, Arboleda e Everton (São Paulo)

FLUMINENSE: Muriel; Gilberto, Nino, Yuri e Caio Henrique; Allan, Daniel (Guilherme) e PH Ganso (Léo Artur); Marcos Paulo, Yony González e Pedro
Técnico: Fernando Diniz

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan (Igor Gomes), Tchê Tchê e Hernanes (Everton); Antony, Raniel e Pato (Toró)
Técnico: Cuca

Ads – Rodapé Posts




Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escalação
Fluminense

Muriel


Gilberto


Nino


Caio Henrique


Allan


Yuri


Daniel


Ganso


Marcos Paulo


Yony González


Pedro


Guilherme


Léo Arthur


Pablo Dyego


Tec - Fernando Diniz
São Paulo

Tiago Volpi


Igor Vinícius


Bruno Alves


Robert Arboleda


Reinaldo


Luan Santos


Danilo Tche Tche


Hernanes


Antony Matheus


Raniel


Alexandre Pato


Jonas Toró


Éverton


Igor Gomes


Cuca - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores