Brasileiro Série A

Arena da Baixada | 2/6/2019 - 16:0

Futebol/Brasileirão

Athletico passa sem dificuldade pelo Fluminense na Arena da Baixada

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
02/06/2019 18:14:32

Em: Athletico-PR, Brasileiro Série A, Fluminense, Futebol, Notícias

O Athletico fez valer mais uma vez o mando de campo e venceu por 3 a 0 o Fluminense, neste domingo, na Arena da Baixada, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os paranaenses chegaram a dez pontos e estão na parte de cima da classificação. Já os cariocas, com seis, permanecem próximos da zona de rebaixamento.

Os donos da casa dominaram os 90 minutos do confronto. O Athletico sacramentou a vitória ainda no primeiro tempo, com gols de Lucho González e Rony. Na etapa final, os paranaenses diminuíram o ritmo, pois estavam com um jogador a mais desde o primeiro tempo, mas tiveram tempo de aumentar o marcador com Marcelo Cirino.

Na próxima rodada, o Athletico terá pela frente o Palmeiras, em São paulo, no sábado. O Fluminense terá pela frente o clássico contra o Flamengo, no domingo, no Maracanã.

O jogo

O Athletico começou a partida pressionando a saída de bola do Fluminense. A postura quase deu certo logo aos três minutos, quando Marco Rubén acertou a trave.

O Fluminense tentava os avanços, mas sofria com a rapidez dos donos da casa. Tanto que aos dez minutos, a zaga cortou mal a bola, que sobrou para Rony na área. O atacante dominou, mas chutou na rede pelo lado de fora.

O domínio do Athletico surtiu efeito aos 20 minutos. Rony cruzou pela esquerda e encontrou Lucho González livre para cabecear sem chance para Rodolfo.

Mesmo depois do revés, o Fluminense não conseguiu melhorar na partida. Os tricolores chegavam ao ataque, mas sem incomodar o goleiro Santos. Do outro lado, o Athletico aproveitava os espaços e quase ampliou aos 30 minutos. Marco Rubén foi lançado na área e chutou para boa defesa de Rodolfo. Para piorar a situação dos visitantes, o volante Airton foi expulso ao cometer falta violenta em Bruno Guimarães.

Se a situação já estava ruim para o Fluminense antes da expulsão, depois ficou pior. Aos 37 minutos, Rony aproveitou cruzamento e cabeceou cruzado para a rede em lance bem parecido com o primeiro gol paranaense.

Com boa vantagem no placar, os paranaenses apenas administraram o resultado até o intervalo.

No segundo tempo, o Athletico buscou seguir administrando o resultado desde os primeiros minutos. O Fluminense, mesmo com um jogador a menos, buscava o ataque e chegou a assustar em duas oportunidades, com Yony González. Os donos da casa só assustaram aos 17 minutos, em chute de Nikão.

Ao contrário do primeiro tempo, os paranaenses diminuíram o ritmo e pecavam nos passes no setor ofensivo. Mesmo assim, o Athletico mantinha a posse de bola e quando era exigido contava com a boa atuação dos defensores.

Na parte final do jogo, o Athletico chegou ao terceiro gol, aos 38 minutos. Marcelo Cirino fez boa jogada individual e chutou para o gol. O zagueiro Yuri desviou a bola e acabou com a chance de Rodolfo fazer a defesa. Depois disso, as duas equipes apenas esperaram o apito final do árbitro na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO 3 X 0 FLUMINENSE

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 02 de Junho de 2019, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (Fifa/PB)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP)e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
Árbitro de Vídeo: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Renda: R$ 201.145,00
Público: 12.548 presentes
Cartões amarelos: Nikão (Athletico); Airton, Guilherme e Nino (Fluminense)
Cartões vermelhos: Airton (Fluminense)

GOLS
ATHLETICO: Lucho González, aos 20min do primeiro tempo; Rony, aos 37min do primeiro tempo; Marcelo Cirino, aos 38min do segundo tempo

ATHLETICO: Santos; Madson, Lucas Halter, Léo Pereira, e Márcio Azevedo; Wellington (Léo Cittadini), Lucho González (Tomás Andrade) e Bruno Guimarães; Rony, Nikão (Marcelo Cirino) e Marco Rúben
Técnico: Tiago Nunes

FLUMINENSE: Rodolfo, Igor Julião, Nino, Matheus Ferraz (Yuri) e Caio Henrique; Airton, Allan e Daniel; Léo Arthur (Guilherme), João Pedro e Yony González (Brenner)
Técnico: Fernando Diniz

Ads – Rodapé Posts




Escalação
Athletico-PR

Santos


Madson


Lucas Halter


Léo Pereira


Marcio Azevedo


Bruno Guimarães


Lucho González


Wellington


Nikão


Rony


Marco Rubén


Tomás Andrade


Marcelo Cirino


Léo Cittadini


Tec - Tiago Retzalff Nunes
Fluminense

Rodolfo


Igor Julião


Matheus Ferraz


Nino


Caio Henrique


Aírton


Allan


Daniel


Léo Arthur


Yony González


João Pedro


Yuri


Guilherme


Brenner


Fernando Diniz - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores