Brasileiro Série A

Morumbi | 7/11/2019 - 19:30

Futebol/Campeonato Brasileiro

São Paulo perde a 1ª em casa com Diniz, sai do G4 e Fluminense reage

São Paulo , SP
07/11/2019 21:29:00 — 07/11/2019 23:42:52

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Fluminense, Notícias, São Paulo

Após quatro vitórias seguidas, o São Paulo conheceu sua primeira derrota atuando como mandante desde a chegada de Fernando Diniz e, de quebra, deixou o G4. Na noite desta quinta-feira, o Tricolor Paulista pouco produziu no ataque, bobeou na defesa e foi superado pelo Fluminense por 2 a 0 no Morumbi, em duelo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Digão e Marcos Paulo, ambos no primeiro tempo, marcaram os cariocas.

Com o resultado, o São Paulo estaciona nos 52 pontos e cai para quinta colocação, já que o Grêmio venceu o CSA, foi aos 53 e assumiu o posto entre os quatro primeiros que garantem vaga direta para a Libertadores. O Fluminense, por sua vez, volta a vencer depois de cinco jogos, vai aos 34 pontos e sobe para a 15ª colocação, empurrando o Botafogo para a zona de rebaixamento.

O São Paulo volta aos gramados pela competição no próximo domingo, quando recebe o Athletico Paranaense, às 16 horas (de Brasília), novamente no Morumbi. No mesmo dia e horário, o Tricolor das Laranjeiras vai a Porto Alegre, onde enfrenta o Internacional, no Beira-Rio.

Flu vai bem na defesa e é incisivo no ataque para abrir vantagem

Em um embate de características semelhantes, o Fluminense adiantou a linha de marcação nos primeiros minutos e até ofereceu perigo à meta de Tiago Volpi. O São Paulo, porém, aproveitou a postura ousada do time visitante para construir a primeira chance através de Antony, que finalizou contra-ataque com um arremate rente à trave.

Aos poucos, o Tricolor Paulista tomou o controle da partida e passou a jogar no campo de ataque, mas abusava das jogadas pela faixa central, facilitando a defesa carioca. Com dificuldades para penetrar na área rival, coube a Antony, mais uma vez, arriscar de média distância e forçar intervenção providencial de Muriel.

O Fluminense contou com a força da bola aérea e uma bobeada de Daniel Alves, que cometeu falta infantil, para abrir o placar. Após cruzamento açucarado de Daniel, o zagueiro Digão apareceu livre de marcação para cabecear e balançar as redes.

Os donos da casa sequer tiveram tempo de sentir o golpe. Três minutos depois do tento inaugural, Caio Henrique puxou contra-ataque, viu um buraco no sistema defensivo do São Paulo e encontrou Marcos Paulo. O atacante revelado em Xerém tocou na saída de Volpi, assistiu à bola tocar na trave antes de entrar e levou o Flu para o intervalo com uma valiosa vantagem.

Nulo ofensivamente, São Paulo não reage e sai de campo sob vaias

Diante de um cenário tão complicado, Fernando Diniz promoveu duas mudanças logo na volta do segundo tempo. Tirou Jucilei e Liziero, apagados, para as entradas de Hernanes e Alexandre Pato. Os medalhões, entretanto, pouco alterarem a produção ofensiva dos anfitriões, que seguiram exagerando nas tramas centralizadas.

Sem demonstrar poder de reação, o São Paulo, além de sofrer para sequer chutar a gol, passou a lidar com protestos da torcida. Antes mesmo dos 35 minutos do segundo tempo, os são-paulinos começaram a entoar gritos de time “sem vergonha” e “muito respeito com a camisa tricolor”.

Na base do abafa, ao adiantar todo o time para o campo de ataque, o São Paulo seguiu batalhando para construir pelo menos uma boa chance no segundo tempo. Mas sem êxito. Desta forma, a equipe de Fernando Diniz deixou o campo sob vaias, enquanto os jogadores do Fluminense celebravam a saída da zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0X2 FLUMINENSE

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 7 de novembro de 2019, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Público: 17.650 pagantes
Renda: R$ 504.461,00
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e André da Silva Bitencourt (RS)
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Cartões amarelos: Daniel Alves (SÃO). Nenê (FLU)

GOLS:
FLUMINENSE:
Digão, aos 36 minutos do 1ºT, e Marcos Paulo, aos 39 minutos do 1ºT

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Daniel Alves, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei (Hernanes), Tchê Tchê e Liziero (Alexandre Pato); Antony, Vitor Bueno (Juanfran) e Pablo
Técnico: Fernando Diniz

FLUMINENSE: Muriel; Gilberto, Digão, Nino e Caio Henrique; Yuri, Allan, Daniel e Ganso (Nenê); Marcos Paulo (Evanilson) e Yony González (Pablo Dyego)
Técnico: Marcão

Ads – Rodapé Posts




Escalação
Ainda não há informações
Tec -
- Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores