Antigos companheiros, Dani Alves e Adriano se enfrentarão em Curitiba

São Paulo, SP

21-08-2019 07:00:28

Companheiros no Sevilla por quatro temporadas e no Barcelona por outras seis, Daniel Alves e Adriano se enfrentarão na noite desta quarta-feira, no duelo entre Athletico-PR e São Paulo, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Primeira opção para a lateral direita do São Paulo, Adriano chegou a negociar com o clube durante a parada para a disputa da Copa América, entretanto, a diretoria tricolor decidiu encerrar as negociações com o staff do atleta por não concordar com a postura de quem estava do outro lado das tratativas.

Com um salário anual de 3,5 milhões de euros no Besiktas, Adriano até topou reduzir seus vencimentos pela metade para assinar com o São Paulo, entretanto, a diretoria do clube do Morumbi continuou considerando muito alto os valores pedidos pelo atleta e por conta do teor das conversas preferiu buscar outras opções, surpreendendo ao assinar com ninguém mais, ninguém menos que Daniel Alves pouco tempo depois.

 

Por falar em Daniel Alves, o lateral-direito fez sua estreia com a camisa do São Paulo no último domingo e decidiu o jogo para sua nova equipe, marcando o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Ceará. Coincidentemente, Adriano também estreou no Athletico-PR na última rodada e, como lateral-esquerdo, ajudou o Furacão a vencer o Atlético-MG por 1 a 0.

A tendência é quem ambos sigam como titulares em suas respectivas equipes na partida desta quarta-feira. Caso Adriano não seja mantido entre os 11 pelo técnico Tiago Nunes, Márcio Azevedo é outra opção na lateral esquerda. Daniel Alves, por sua vez, daria lugar a Igor Vinícius se Cuca optar por poupá-lo do duelo na Arena da Baixada.

Juntos, Daniel Alves e Adriano conquistaram pelo Barcelona duas Ligas dos Campeões (2010/11 e 2014/15), dois Mundiais (2011 e 2015), quatro Campeonatos Espanhóis (2010/11, 2012/13, 2014/15 e 2015/16), três Copas do Rei (2011/12, 2014/15 e 2015/16), duas Supercopas Europeias (2011 e 2015), além de três Supercopas da Espanha (2010, 2011 e 2013). Já pelo Sevilla a dupla ergueu uma Copa do Rei (2006/07), duas Ligas da Europa (2005/06 e 2006/07), uma Supercopa Europeia (2006) e uma Supercopa da Espanha (2007).

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário