Futebol/Campeonato Baiano

Emprestado pelo São Paulo, Shaylon entra na seleção do Baiano

São Paulo , SP
23/04/2019 17:53:04

Em: Bahia, Campeonato Baiano, Futebol, São Paulo

Emprestado pelo São Paulo ao Bahia até o fim da temporada, o meia Shaylon apareceu na lista dos melhores jogadores do Campeonato Baiano 2019. O jogador de 21 anos foi importante na conquista do Tricolor, que bateu o Bahia de Feira na decisão do último domingo.

“Muito honrado por receber esse prêmio. Obrigado a todos que ajudaram para que isso acontecesse!”, escreveu o meio-campista, em sua conta no Instagram.

O meia Shaylon foi eleito um dos meias para a seleção do Baiano 2019 (Foto: Felipe Oliveira/ECB)

Fora dos planos de André Jardine, treinador do São Paulo desde o fim de 2018, Shaylon foi emprestado ao Bahia para ganhar rodagem. Na atual temporada, ele contabiliza 20 jogos e cinco gols. Pelo Tricolor paulista, o meia soma quatro tentos em 39 partidas.

A seleção do Campeonato Baiano foi dominada pelos finalistas Bahia e Bahia de Feira: Jair; Van, Lucas Fonseca, Edcarlos e Cazumba; Jarbas, Flávio, Shaylon e Arthur Caculé; João Neto e Fernandão.

Na ausência de Hernanes, lesionado, e Shaylon, no Bahia, o São Paulo foi obrigado a apostar no jovem Igor Gomes na reta final do Campeonato Paulista. O meia de 20 anos, também revelado em Cotia, deu conta do recado e, inclusive, marcou dois gols na vitória por 2 a 1 sobre o Ituano, pelo jogo de ida das quartas de final.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Muito honrado por receber esse prêmio, obrigado a todos que ajudaram para que isso acontecesse!

Uma publicação compartilhada por Shaylon (@shaylon) em

“TRICOLORES” BRILHANDO FORA
Neste final de semana, o São Paulo viu outras caras conhecidas se sagrarem campeões estaduais. No Ceará, o volante Araruna, emprestado ao Fortaleza até o fim de 2019, ajudou o técnico Rogério Ceni a conquistar o título.

No Rio de Janeiro, Rodrigo Caio foi titular na campanha do campeão Flamengo. O zagueiro foi vendido ao clube carioca no fim de 2018 por 5 milhões de euros (R$ 22 milhões).

No Campeonato Paranaense, o Athletico-PR levantou a taça com participação decisiva do goleiro Léo, que atuou pelo São Paulo em apenas um jogo durante três anos de passagem. Na decisão por pênaltis contra o Toledo, o arqueiro defendeu uma cobrança e ajudou o Furacão a conquistar o Estadual.