Sessão da CPI do Futebol que votaria quebra de sigilo é adiada novamente

São Paulo, SP

25-11-2015 14:38:05

A sessão da CPI do Futebol que votaria os pedidos de quebra de sigilo de várias pessoas e empresas ligadas à CBF foi adiada novamente. A reunião era prevista para a tarde desta quarta-feira. Em comunicado oficial, o Senado informou que a CPI foi adiada para a próxima quarta devido à sessão do Congresso Nacional, que foi remarcada para as 15 horas (de Brasília).

A CPI pretende analisar 23 requerimentos que pedem a investigação de pessoas que tiveram ligações com a CBF. O Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 (COL) também terá a quebra de sigilos pedida.

Os pedidos atingem nomes de diversos cartolas do futebol, como Ricardo Teixeira, José Maria Marín e Marco Polo Del Nero, atual presidente da CBF. Além deles, também são investigados: Klefer Produções e Promoções, Kleber Fonseca de Souza Leite, Atena Operadora Turística, Jat Imóveis, Ângelo Frederico Gavotti Verospi, Lilian Cristina Martins, Carolina Galan dos Santos, Rogério Langake Caboclo, Antônio Osório Ribeiro Lopes da Costa, Ariberto Pereira dos Santos, Júlio César Avelleda, Wagner José Abrahão, Rita de Cássia Rodrigues Moreira e Fernando Jales Oliveira.

Não é a primeira vez que a votação é adiada. Na última quarta-feira, 18, a votação foi remarcada em função da sessão conjunta do Congresso Nacional.

Deixe seu comentário