Futebol/Bastidores

Ronaldinho Gaúcho é impedido de sair do Brasil pela Justiça

São Paulo , SP
03/01/2019 16:57:58 — 03/01/2019 17:33:11

Em: Bastidores, Futebol, Futebol Internacional
Ronaldinho Gaúcho sofre com problemas na Justiça – Foto:Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Ronaldinho Gaúcho foi proibido pela Justiça Brasileira de embarcar para Dubai, nos Emirados Árabes, onde iria participar de uma conferência de futebol. A ordem é consequência do não cumprimento de uma multa no valor de 2 milhões de euros (cerca de R$8,5 milhões) em função de o ex-jogador ter sido considerado culpado em um crime ambiental cometido em 2015. A informação foi publicada pelo jornalista Fernando Kallás, do jornal espanhol AS.

O juiz Newton Fabrício, da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, foi o responsável pela apreensão do passaporte do Ronaldinho e do seu irmão Assis. Ambos estavam fora do país desde a decisão do oficial de justiça anunciada em novembro, retornando ao Brasil apenas em dezembro.

“Me parece que estamos diante de uma situação aonde o condenado claramente zomba da Justiça diante da sociedade brasileira e mundial”, declarou o subprocurador geral da República, Brasilino Pereira dos Santos, em comunicado.

A multa de 2 de milhões de euros é referente à infração de leis ambientais na construção das instalações do Instituto Ronaldinho Gaúcho, localizado na zona sul de Porto Alegre. Inaugurada em 2007, a organização atendia cerca de 500 crianças e adolescentes entre 7 e 16 anos e encerrou suas atividades em 2010.

Ainda segundo o jornal AS, a justiça entrou em contato diversas vezes com Ronaldinho e Assis para que a multa fosse paga, porém sem obter nenhum sucesso nas tentativas. Após essa série de contatos, o Fisco teve acesso às contas bancárias do ex-jogador e encontrou apenas seis euros (cerca de R$25) em seu saldo.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com