Organizada do Sport é proibida pela Justiça de frequentar qualquer partida da equipe

São Paulo, SP

12-04-2016 14:28:36

Na intensa e longa luta do Sport Club de Recife contra sua torcida organizada, a Torcida Jovem, mais uma vitória da equipe pernambucana foi anunciada nesta segunda-feira. A 5ª Vara da Fazenda de Pernambuco baniu os integrantes da facção de todas as suas partidas, seja em Recife ou como visitante, dentro ou fora do país e em jogos competitivos ou amistosos. A Jovem também não poderá mais atender a treinos do clube.

"Estamos dedicando todos os nossos esforços para banir as torcidas organizadas violentas, sobretudo a Jovem, que tem um grande histórico de atos de vandalismo e criminal. Nossa postura é bem clara. Iremos continuar lutando pelos nossos propósitos, pois buscamos a paz nos estádios de futebol.", declarou o presidente João Humberto Martorelli. Caso descumpra a ordem judicial, a organização será multada em dez mil reais.

A briga entre o clube e sua torcida acontece, judicialmente, desde agosto de 2015, quando o Sport excluiu 20 membros da Jovem de seu quadro de sócios. Em agosto, a equipe chegou a perder mando de jogo e recebeu multa de R$ 50 mil após confusão dos torcedores em uma partida contra o Coritiba pelo Campeonato Brasileiro. A primeira proibição judicial veio três dias após o episódio em Curitiba: nenhum adepto à organizada foi permitido de entrar na partida contra a Chapecoense na Ilha do Retiro.

O Presidente Martorelli chegou, até mesmo, a ser ameaçado via internet após o banimento dos 20 torcedores. Outros episódios, como a proibição da entrada da Jovem na partida contra o CRB pelas quartas de final da Copa do Nordeste no mês de março, coroam a queda de braço recente do clube pernambucano com sua principal organização.

Deixe seu comentário