Na China, técnico rival acusa time de Felipão de tramar “falsos acidentes rodoviários”

São Paulo, SP
13/09/2017 12:27:59 — 13/09/2017 12:32:00

Em: Bastidores, Futebol, Futebol Internacional
Felipão acabou derrotado por Villas-Boas na Liga dos Campeões Asiática (Foto: Kazuhiro Nogi/AFP)

O André Villas-Boas, técnico do Shanghai SIPG, deu uma declaração no mínimo estranha após eliminar o Guangzhou Evergrande nos pênaltis, pela Liga dos Campões Asiática. Segundo o português, o time dirigido por Felipão teria tentado atrapalhar a viagem do Shanghai ao jogo, para atrasar a chegada do ônibus ao estádio. Porém, a maneira como isto teria sido feito é extremamente inusitada.

“Viajamos de ônibus para o estádio. Durante o percurso, os mesmos dois carros que se envolveram em três acidentes à nossa frente”, apontou Villas-Boas.

Comentando a vitória e a classificação no torneio asiático, o técnico português voltou a enfatizar a possível trama do Guangzhou contra seu time. “Foi um feito para o Shanghai SIPG. Parecia que apenas um clube estava destinado a dominar o futebol na Ásia, sem se importar em bloquear hotéis e provocar falsos acidentes para consegui-lo”, insinuou.

Mais improvável que os “acidentes propositais” arquitetados pelo Guangzhou, só mesmo o que aconteceu dentro de campo. Após perder o jogo de ida por 4 a 0, o time de Felipão conseguiu recuperar o prejuízo na partida de volta, vencendo por 5 a 1, com gols do ex-cruzeiro Ricardo Goulart e do ex-Fluminense Alan. Contudo, nas penalidades, a equipe de Villas-Boas e dos brasileiros Hulk e Oscar garantiu a vaga nas semifinais do torneio, quando enfrentará o Urawa Reds, do Japão.