Futebol/Bastidores

MP-SP indica três promotoras de Justiça para acompanhar ‘caso Neymar’

São Paulo , SP
11/06/2019 18:13:53

Em: Bastidores, Brasil, Futebol, Futebol Internacional, Notícias, Paris Saint Germain
Promotoras de Justiça vão acompanhar as investigações do ‘caso Neymar’ (Foto: Mauro Pimentel / AFP)

O Ministério Público do Estado de São Paulo designou as promotoras de Justiça de Enfrentamento à Violência Doméstica Estefânia Ferrazzini Paulin, Flávia Cristina Merlini e Katia Peixoto Vilani Pinheiros Rodrigues para acompanhar as investigações da acusação de estupro supostamente cometido por Neymar contra a modelo Najila Trindade, em Paris.

Na tarde desta terça-feira (11), as promotoras concederam rápida entrevista na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro, Zona Sul de São Paulo, e explicaram alguns detalhes do acompanhamento do inquérito e que ainda não tiveram acesso aos depoimentos de Najila.

“Como o procurador-geral de Justiça entende que esse caso envolve, em princípio, violência doméstica, nós fomos designadas para acompanhas as investigações. Nós estamos apenas acompanhando as provas que serão colhidas e, ao final, vamos formar nosso posicionamento”, esclareceu Estefânia Ferrazzini.

“Nós estamos aguardando a colheita das provas para formar nossa convicção a respeito do caso. Nós estamos ainda analisando todas as provas e isso está sendo feito conjuntamente. Ainda não tivemos acesso (ao depoimento da Najila) porque protocolamos o ofício com a nossa designação ontem e tivemos acesso aos autos hoje. Há algumas partes gravadas, mas não tivemos acesso porque os advogados de defesa estavam assistindo”, completou Flávia Cristina Merlini.

O atacante Neymar é aguardado nesta quinta-feira na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher para prestar depoimento e dar sua versão sobre a acusação de estupro feita pela modelo Najila Trindade.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com