Gazeta Esportiva

Mourinho é condenado a um ano de prisão, mas cumprirá em liberdade

São Paulo, SP

05/02/19 | 11:37

Português também terá que pagar uma multa ao fisco espanhol (Foto: Creditoli Scarff / AFP)

Acusado de fraude fiscal durante o período que dirigiu o Real Madrid (2010 a 2013), José Mourinho foi condenado a um ano de prisão, além de ter de pagar uma multa de quase dois milhões de euros (cerca de R$8,4 milhões). No entanto, o treinador realizou um acordo com a Procuradoria da Espanha, e cumprirá a pena em liberdade.

O fisco espanhol acusou José Mourinho de fraude envolvendo parte dos rendimentos obtidos com a exploração de seus diretos de imagem sobretudo entre os anos de 2011 e 2012. Os delitos fiscais girariam em torno de 3,3 milhões de euros (cerca de R$15 milhões).

A estratégia usada pelo português para ocultar suas receitas foi parecida com a utilizada por Cristiano Ronaldo, que recentemente teve que pagar 18,8 milhões de euros (cerca de R$80 milhões) ao fisco espanhol.

Deixe seu comentário