Irmão de jogador dos Lakers agradece Trump após sair da prisão

São Paulo, SP

15-11-2017 21:17:43

LiAngelo Ball, irmão do calouro e estrela do Los Angeles Lakers Lonzo Ball, retornou aos Estados Unidos da América nesta quarta-feira, ao lado de Cody Riley e Jalen Hill, e agradeceu o presidente norte-americano Donald Trump.

"Queria começar pedindo desculpas por ter furtado em uma loja na China. Não foi uma decisão acertada e estou muito arrependido por isso. Sou jovem, mas isso não é desculpa. Tenho 100% de certeza que não tomarei decisões ruins como essa novamente. Minha família me criou para ser melhor do que isso e eu vou ser uma pessoa melhor. Gostaria também de agradecer ao presidente Trump e o governo dos Estados Unidos por toda ajuda que nos deram", disse Ball.

LiAngelo Ball e outros dois colegas da Faculdade da Califórnia (UCLA) retornaram aos EUA uma semana após serem apreendidos furtando objetos em uma loja de departamento na China, durante viagem a Pequm.

Os três jogadores realizaram pronunciamento oficial nesta quarta, se desculparam pelo ocorrido e agradeceram o presidente Donald Trump, que estava na China na semana passada e disse ter conversado com o presidente chinês Xi Jinping pedindo a liberação dos três jovens jogadores.

Steve Alford, técnico da UCLA, afirmou que os três jogadores estão suspensos por tempo indeterminado e não irão participar dos treinos e jogos da equipe. "Terão que ganhar a confiança do time novamente", afirmou Alford.

Deixe seu comentário