Diretor do Bayern apoia criação de Super Liga com os grandes europeus

São Paulo, SP

13/01/16 | 12:53

(Foto: Alexander Hassenstein/AFP)
Rummenigge destacou possibilidade de criação de torneio apenas com times de elite do continente (Foto: Alexander Hassenstein/AFP)

O sonho de criar uma “Super Liga” contemplando apenas os 20 melhores clubes de Espanha, Inglaterra, Alemanha, Itália e França não está tão distante. O CEO do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, que também lidera a ECA (Associação dos Clubes Europeus), afirmou nesta quarta-feira apoiar a criação do torneio.

“Não descarto que, no futuro, uma liga europeia composta por grandes equipes da Itália, Alemanha, Inglaterra e França seja fundada”, disse o ex-jogador em entrevista coletiva durante um evento em Milão.

“Isso (a liga) poderia ser inclusive organizado sob tutela da Uefa ou de maneira privada”, completou Rummenigge, que também sugeriu a realização da Super Liga Europeia nos Estados Unidos e na Ásia, a fim de atrair público e patrocinadores.

O apoio de Rummenigge à ideia do torneio mostra que o dirigente mudou de ideia com o passar dos anos. Em 2013, o alemão chegou a afirmar que a verdadeira Super Liga Europeia já existia: a Liga dos Campeões, e rechaçou qualquer apoio da ECA à nova competição. “Estamos muito felizes com as competições atuais e com nossa frutuosa colaboração com a Uefa”, disse o ex-atacante na ocasião.

Deixe seu comentário