Cruzeiro vence Paraná nos pênaltis e avança na Copa SP

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte , MG
13/01/2018 13:22:11 — 13/01/2018 13:27:09

Em: Bastidores, Campeonatos, Copa São Paulo de Juniores
Vitinho foi um dos destaques do Cruzeiro (Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

O Cruzeiro venceu o Paraná, por 1 a 0 no tempo normal e por 6 a 5 na disputa de pênaltis, na manhã deste sábado, em duelo válido pela terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os jovens garantiram a classificação para a próxima fase, em busca do segundo título da Copinha, e agora aguardam o vencedor de São Paulo e Botafogo-SP, que duelam na noite deste sábado.

O jogo

O duelo começou marcador por fortes disputas no meio campo. As equipes buscavam o ataque, mas paravam no meio e as defesas era bastante sólidas.

Aos 12 minutos, o Cruzeiro conseguiu chegar ao seu gol. Em bela jogada individual de Vitinho, na direita, ele fez o cruzamento, com a perna esquerda, e encontrou Alesson na área para, de cabeça, colocar a redonda no fundo das redes.

No entanto, após conseguiu seu gol, o Cruzeiro parou de buscar o ataque. A equipe ficou apenas nas duas chances que criou, uma no escanteio e a outra no gol. A troca de passes no campo seguia, o controle de bola do time mineiro era bom, entretanto, a agressão não existia.

Isso abriu espaço para o Paraná que conseguia chegar com bastante perigo. A equipe mostrava mais profundidade e capacidade para agredir o time celeste. A bola defesa azul, no entanto, conseguiu se segurar.

Na volta do intervalo, o Cruzeiro tinha mais qualidade do que foi visto no primeiro tempo. Os garotos da Raposinha tinha a posse de bola e conseguia fazer a redonda girar, criando espaços.

O técnico Emerson Ávila conseguiu ajustar a marcação em relação ao primeiro tempo e dava mais força para a equipe no setor ofensivo. O Paraná caiu no ciclo celeste e não conseguia sair.

Um bom nome do Cruzeiro no jogo foi o garoto Vitinho. O jovem tinha qualidade com a bola nos pés e excelente visão de jogo, dando qualidade ao ataque celeste. Vale observar que foi dele o passe para o primeiro gol celeste.

Mas o futebol consegue ser surpreendente. Aos 43 minutos de jogo, após um segundo tempo bastante instável, Lucas Sene recebeu na área e chutou forte para superar o goleiro Gabriel Brazão e levar a disputa para os pênaltis.

Pênaltis

Cruzeiro

Marcelo – Gol
Cesinha – Gol
João Luis – Errou
Márcio – Gol
Wander – Gol
Paulinho – Gol
Rafinha – Gol

Paraná

Birigui – Gol
Rian – Gol
Allexson – Gol
Marcelo – Errou
Andrey – Gol
Lucas Sene – Gol
Keslley – Errou