Comitê de Ética da Fifa suspende três ex-dirigentes do futebol sul-africano

São Paulo, SP

14-03-2016 16:04:39

Três ex-dirigentes do futebol sul-africano foram suspensos do futebol pelo Comitê de Ética da Fifa nesta segunda-feira, por suspeita de envolvimento com manipulação de resultados em amistosos preparatórios para a Copa do Mundo de 2010. Os cartolas banidos foram punidos por mau comportamento e não cooperar com as investigações.

Leslie Sedibe, ex-chefe executivo da Associação Sul-Africana de Futebol (Safa), foi banido por cinco anos e multado em cerca de R$ 73 mil. Steve Goddard e Adeel Carelse, ex-dirigentes da área responsável pela arbitragem, foram sentenciados a dois anos de suspensão. Lindile Kika, ex-presidente da Federação, foi banido em 2015 também por manipulação.

A Fifa ainda não divulgou quais os jogos poderiam ter sido manipulados.

Sedibe, ironicamente, é o atual CEO da companhia Proudly South African, um grupo que busca promover o fortalecimento do mercado interno sul-africano e tem como um de seus princípios "lutar contra o crime e a corrupção".

 

 

Deixe seu comentário