Futebol/Caso Neymar

Amigo de Neymar e diretor de empresa deixam delegacia em silêncio

Gabriel Ambrós* - São Paulo , SP
17/06/2019 17:20:15 — 17/06/2019 17:20:58

Em: Bastidores, Futebol, Futebol Internacional, Paris Saint Germain

Nesta segunda-feira, duas pessoas prestaram depoimento na 6ª Delegacia da Mulher de São Paulo, sobre a acusação de estupro que sofre Neymar. Carlos Henrique, amigo do craque, e Altamiro Bezerra, diretor financeiro e CEO da NR Sports e da NN Consultoria, saíram da delegacia sem dar detalhes sobre o depoimento.

O primeiro a sair após prestar depoimento foi Altamiro Bezerra. Acompanhado de Davi Tangerino, advogado da equipe de Neymar, não falou com a imprensa que aguardava no local.

Carlos Henrique é amigo de Neymar a mais de 12 anos (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Carlos Henrique Silva também saiu junto com Davi Tangerino. Os dois não deram detalhes sobre o depoimento. O advogado só fez questão de falar que tudo no depoimento é sigiloso. A única coisa que Carlos disse foi que ele é amigo do craque do Paris Saint-Germain há mais de 12 anos e que eles se conheceram em Santos.

Os dois eram os únicos esperados para prestar depoimento na 6ª Delegacia da Mulher de São Paulo nesta segunda-feira. As promotoras devem fazer um pronunciamento no fim desta tarde.

*Especial para Gazeta Esportiva