Futebol/Bastidores

Calleri e Centurión postam foto juntos e torcida são-paulina pede retorno

São Paulo , SP
06/07/2017 14:57:09

Em: Bastidores, Futebol, São Paulo

Grandes amigos e ex-companheiros de São Paulo, Jonathan Calleri e Ricardo Centurión se encontraram na madrugada desta quinta-feira e registraram o momento com fotos nas redes sociais. As publicações receberam milhares de comentários de torcedores são-paulinos, que pediram o retorno dos atletas.

Na publicação de Calleri, que conta com mais de 89 mil curtidas, diversos torcedores pedem o retorno do jogador, que atuou no São Paulo no início de 2016. Um dos comentários pede para que Centurión não vá para o futebol espanhol.

São-paulinos pedem o retorno de Calleri e Centurión (Foto: Reprodução/Instagram)

Na última quarta-feira, o jornal espanhol Marca cravou que o atacante argentino está de malas prontas para o modesto Las Palmas. O clube disputa a primeira divisão do Campeonato Espanhol e na última temporada terminou na 14ª posição.

A publicação ainda afirma que o Málaga estava atrás do jogador, mas a negociação não foi adiante. Calleri chegaria ao Las Palmas por empréstimo. O jogador pertence ao Deportivo Maldonado, clube da segunda divisão uruguaia, mas nunca atuou pela equipe.

Na segunda metade de 2016, Calleri defendeu as cores do West Ham. No clube inglês, jogou apenas 19 partidas e marcou um gol. A equipe terminou o Campeonato Inglês na 11ª colocação.

Se Calleri parece ter acertado seu futuro, o de Centurión ainda segue indefinido. O atacante de 23 anos tem vínculo com o São Paulo, mas já manifestou desejo de permanecer no Boca Juniors.

Emprestado pelo Tricolor ao clube argentino até o final do campeonato nacional, Centurión foi um dos principais nomes do título do Boca e não esconde seu carinho pela equipe.

Em entrevista TyC Sports, Centurión afirmou que, caso não continue no Boca, pretende se aposentar. O São Paulo possui contrato com o jogador até janeiro de 2019, mas não pretende utilizar o atleta.

Gracias por la remera amigo !! @adrianricardo1993

Uma publicação compartilhada por Jonathan Calleri (@jocalleri) em