Nova edição do BBB terá surfista Pedro Scooby e velocista Paulo André

São Paulo, SP

14-01-2022 19:28:37

Nesta sexta-feira, a TV Globo anunciou os participantes da edição de 2022 do reality show Big Brother Brasil. Entre os selecionados, dois esportistas: o surfista Pedro Scooby e o atleta olímpico Paulo André.

Surfando desde os 5 anos, Pedro Scooby é um "freesurfer", ou seja, não participa de competições ou torneios, mas viaja o mundo para surfar as maiores ondas possíveis. O surfista mora em Nazaré, em Portugal, e tem a praia de lá como uma de suas mais familiares. Lá, surfou ondas de mais 20 metros e passou alguns sufocos na modalidade

Fora do esporte, o atleta é pai de Dom, Bem e Liz, seus filhos com a atriz Luana Piovani, sua ex-esposa. Aos 33 anos, Scooby se vê realizado no surfe e na vida pessoal. “Meu grande sonho de moleque era ser surfista. O outro sonho era ser pai. Os dois foram realizados com sucesso. Acho que hoje meu maior sonho é manter essa vida”, comentou.

Surfista Pedro Scooby participará da nova edição do BBB (Imagem: Reprodução)

Velocista, Paulo André tem como especialidade a corrida de 100 metros rasos. Filho do também atleta olímpico Carlos José Camilo, o jovem comentou sobre sua relação com o esporte. “Sempre gostei muito de esporte. Na infância, eu surfava, fazia caratê, natação. Mas minha característica sempre foi a velocidade e, como todo garoto, eu queria jogar bola. Meu pai me incentivou, e eu fui a fundo na trajetória dele no atletismo, quis dar seguimento e deu certo”, disse.

Nas Olimpíadas de Tóquio em 2021, o brasileiro chegou à semifinal dos 100 metros rasos, mas não se classificou para a decisão. Paulo André foi líder do quarteto campeão no Mundial de Revezamento no 4x100m rasos de 2019 e, em 2018, correu os 100m rasos em 10s02, se consolidando como o segundo homem mais rápido da história do Brasil.

O atleta ainda quebraria o recorde sul-americano de 10s de Robson Caetano em 2019, conseguindo a marca 9s90, mas o vento na prova foi acima do permitido, anulando a marca. Caso o resultado fosse válido, seria o primeiro atleta do continente a quebrar a marca de 10s.

Deixe seu comentário