Gazeta Esportiva

Cássio admite necessidade de jogar melhor fora de casa: “Números são baixos”

São Paulo, SP

22/01/23 | 07:00

O Corinthians ainda não conseguiu vencer fora de casa em 2023: são dois jogos até agora, com uma derrota e um empate sem gols, este no último sábado, contra a Inter de Limeira. Para o goleiro Cássio, é necessário evoluir neste quesito, principalmente se o clube for pensar em algo maior nesta temporada.

“Temos que melhorar. Se formos buscar os números fora de casa, não são bons. No meu ponto de vista, é uma situação que, se for pensar em título, em topo, estar entre os melhores, nós temos que evoluir fora de casa, conseguir pontuar e ganhar mais partidas fora de casa. Isso é o que vai equilibrar bem, mas temos que trabalhar, fazer o melhor jogo possível”, iniciou o arqueiro sobre o assunto.

“Me foge à memória um time que não seja forte em casa. Normalmente, os resultados da equipe mandante (são melhores). Concordo que os números fora de casa são baixos, nós temos que melhorar e evoluir. Hoje (sábado), do meu ponto de vista, estávamos mais próximos da vitória do que perder a partida, mas temos que melhorar”, complementou.

A opinião dele é a mesma do técnico do Timão, Fernando Lázaro, que reconheceu a dificuldade e disse estar conversando com os atletas para encontrar uma solução.


E MAIS:

Cássio elogia trabalho de Lázaro no Corinthians: "Cobra mais ainda"
Renato Augusto chega a 200 jogos com a camisa do clube
Goleiro vê Timão em crescente evolução e avalia Inter: "Jogou fechado"

No ano passado, o Corinthians sofreu longe da Neo Química Arena. Se em casa a Fiel era uma força a mais para os jogadores, sem ela (ou, melhor, sem a maior parte dela), os números foram aquém do desejado.

No total, o Alvinegro disputou 36 duelos fora de seus domínios e conquistou apenas nove vitórias em 2022. No mais, foram 14 empates e 13 derrotas. Neste ano, como já dito, são dois jogos, com uma derrota e um empate. Para Cássio, a cobrança é normal.

"Em se tratando de Corinthians, a cobrança sempre vai existir, mas, particularmente, eu fiquei muito feliz com a reação que a gente teve na partida seguinte ao Bragantino. Hoje (sábado), no meu ponto de vista, eu gostaria de ter ganhado a partida, mas, pela pré-temporada, pelo resultado e pelas circunstâncias, foi positivo", falou.

"Claro que, no Corinthians, tem que almejar a vitória dentro e fora de casa, mas a gente vem em um processo de evolução e crescimento, tem a mudança de jogadores (na escalação), não vejo falta de empenho e dedicação, todos saindo exaustos. E continuo com a mesma confiança que vamos melhorar, evoluir e colher coisas boas", finalizou.

O Corinthians volta a entrar em campo já nesta terça-feira, às 20h (de Brasília), na Neo Química Arena, para enfrentar o Guarani.

Deixe seu comentário