Falta de coerência e postura do Grêmio adiam chegada de Luan ao Corinthians

Tiago Salazar - São Paulo,SP

12-12-2019 21:21:02

Luan deve, sim, ser reforço do Corinthians para 2020. Isso porque a diretoria gaúcha está convencida de que não tem como segurar o jogador. Luan quer defender o Timão e o clube paulista tem tudo encaminhado junto ao empresário do atleta.

Pesa consideravelmente também o fato do atual vínculo de Luan com o Grêmio ter vencimento programado para dezembro do ano que vem, o que o permitiria assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe em julho e deixar o time do Sul de graça.

Como já é sabido, o plano do Corinthians é comprar parte dos direitos econômicos de Luan em uma composição que envolve pagamento financeiro mais um jogador, ou talvez até dois atletas. O Grêmio entendeu que a proposta é interessante nesse momento.

O possibilidade, no entanto, apesar de ainda muito provável, sofreu um abalo. Entenda:

Emperrou
A Gazeta Esportiva apurou que na noite da última quarta-feira o Grêmio tomou a decisão de entrar em acordo com o Corinthians. O negócio esteve muito perto de se concretizar, mas, algumas atitudes em meio as tratativas finais se tornaram obstáculo.

Boa notícia
O que não mudou em toda a história é o otimismo quanto ao acerto dentro do Parque São Jorge. Independente de qualquer coisa, o desejo do Corinthians, a vontade de Luan, o período do contrato vigente e até mesmo o fato do jogador não ter retomado a melhor forma nessa temporada, somados, devem ser suficientes para Luan jogar pelo atual campeão paulista em 2020.

“Fala muito”
O problema está na postura adotada pelos dirigentes gremistas, principalmente na figura de Romildo Bolzan.

O presidente tricolor não tem sido coerente entre o que diz nos bastidores, durante as negociações, e o que afirma em público, em entrevistas a veículos de comunicação ou até mesmo por meio de seu perfil oficial no Twitter. O mandatário tem exposto até mesmo avaliações de jogadores durante as tais entrevistas.

Aliás, as recentes e contínuas declarações de Bolzan estão irritando, além de surpreender, toda a cúpula de futebol do Corinthians.

“Eu nunca vi isso. Cada hora falam uma coisa, e a gente não consegue entender o que eles querem”, disse uma pessoa ligada ao Corinthians à reportagem da Gazeta Esportiva.


Pressão da torcida
A impressão interna é de que o Grêmio sentiu o fato da reação de sua torcida ter sido forte e contundente contra a saída de Luan assim que a imprensa passou a informar a proximidade do desfecho.

Ciente de que é algo quase inevitável, os cartolas gremistas estariam agindo para amenizar a pressão que podem sofrer quando a transferência se concretizar. O desejo do jogador, aliás, deve ser o principal argumento.

Instabilidade
Apesar de tudo, o Corinthians segue no aguardo de uma sinalização dos gaúchos sobre os jogadores que podem ser envolvidos na negociação. Como a opinião dos gremistas nessas avaliações individuais já mudou em algumas oportunidades depois das últimas conversas, no Parque São Jorge o sentimento é de imprevisibilidade em cima do que pode acontecer nas próximas horas ou nos próximos dias.

“Não dá para saber. Vamos aguardar. Pode rolar hoje, semana que vem ou sei lá. Os caras têm de se decidir”, disse outra pessoa ligada ao Corinthians à reportagem.

E agora?
Para o negócio ir para o papel, o Corinthians espera que os gremistas tomem o quanto antes uma decisão e, de preferência, controlem a emoção diante dos microfones.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?