Após vencer primeiro jogo de nível ATP, Wild cai nas oitavas do Brasil Open

Fernanda Lucki Zalcman* - São Paulo,SP

27-02-2019 23:45:28

Depois de vencer seu primeiro jogo de nível ATP na estreia do Brasil Open, o jovem Thiago Wild acabou sendo eliminado nesta quarta-feira nas oitavas de final. A promessa brasileira de 18 anos foi derrotada pelo argentino Marco Trungelliti, de 29 anos, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5, em 1h36 de partida.

Com o resultado, Wild não consegue emplacar a segunda vitória em cinco jogos de nível ATP e dá adeus ao torneio. O argentino, por sua vez, agora avança às quartas de final e irá enfrentar o argentino cabeça de chave número três, Guido Pella, que venceu o espanhol Roberto Carballes Baena. Os tenistas nunca se enfrentaram anteriormente no circuito.

Veja também:

Com virada heroica, Bellucci e Rogerinho avançam à semi do Brasil Open

Jogando na quadra 1 lotada, Bellucci e Rogerinho exaltam fator casa

Promessa canadense, Aliassime surpreende e elimina tricampeão Cuevas

O jogo começou complicado para Wild, que cedeu a quebra logo no terceiro game do primeiro set. O brasileiro chegou a ter chances de devolver a quebra, mas não aproveitou nenhuma. Do outro lado, o argentino apenas administrou o resultado e fechou a parcial, largando na frente.

Novamente, o jovem brasileiro foi quebrado no terceiro game do segundo set. Desta vez, porém, ele conseguiu devolver a quebra no sexto game e empatou a partida. Wild chegou a ter 5 a 4 no placar e estava a um game de forçar o terceiro set. Mas no 11º, ele acabou cedendo à pressão e perdeu novamente o saque. Com 6 a 5, Trungelliti sacou para o jogo e, de zero, decretou o triunfo.

Confira a programação completa desta quinta-feira:

Simples - Oitavas de final
Hugo Dellien (BOL) x Juan Ignacio Londero (ARG)
João Sousa (POR) x Casper Ruud (NOR)
Felix Auger-Aliassime (CAN) x Albert Ramos-Vinolas (ESP)
Laslo Djere (SRB) x Malek Jaziri (TUN)

Duplas – quartas de final
Pablo Cuevas (URU)/Horácio Zeballos (ARG) x Federico Delbonis (ARG)/Maximo Gonzales (ARG)

*Especial para a Gazeta Esportiva

Deixe seu comentário