Gazeta Esportiva

Yuri Alberto é apresentado em treino aberto do Corinthians à torcida; veja como foi

Marina Bufon - São Paulo,SP

08/07/22 | 20:46 - 08/07/22 | 22:59

Até tentaram impedir, mas os sinalizadores apareceram no início da noite desta sexta-feira nas arquibancadas da Neo Química Arena para o primeiro treino aberto do Corinthians sob comando de Vítor Pereira (a torcedores e à imprensa), uma forma de aproximação com a torcida após a classificação para as quartas de final da Libertadores, na última terça, diante do Boca Juniors, na Bombonera.

Antes do início das atividades, o centroavante Yuri Alberto, emprestado do Zenit, da Rússia, por um ano, foi apresentado à torcida. Com show de luzes e fumaça, ele entrou no gramado, vestiu a camisa (ainda sem número) e foi ovacionado pela torcida. O jogador ainda fez algumas embaixadinhas e jogou a bola para a torcida. Ele concedeu coletiva de imprensa após as atividades.


Depois disso, o elenco todo iniciou o treinamento com aquecimento, enquanto os goleiros realizaram um trabalho específico do outro lado do gramado. O nome de Cássio, herói da classificação contra o Boca, foi bastante ovacionado pelos presentes.

Depois, em campo reduzido, os 23 jogadores de linha presentes fizeram atividades de trocas de passes rápidos e finalização em gol pequeno. Willian fez um treinamento diferente com o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, enquanto Adson e Gustavo Silva fizeram todo o treino com os companheiros. Por outro lado, Fagner, Renato Augusto, Maycon, Júnior Moraes e Luan não estiveram presentes.

Foi realizado um coletivo em campo reduzido, entre time com colete azul, com colete branco e sem colete. Willian participou dessa atividade sem nenhuma restrição aparente. A impressão era de priorização por troca de toques rápidos e curtos até a finalização a gol.

O campo foi reduzido a quase apenas à pequena área, com os mesmos jogadores, exceto Willian, que voltou a fazer uma atividade específica separado. Por fim, os jogadores foram aplaudindo toda a torcida presente, em todos os setores, finalizando o treino.

O próximo compromisso do Corinthians será neste domingo, às 16h (de Brasília), diante do Flamengo, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Neo Química Arena.

Restrições e boicote das organizadas

Durante a sexta-feira, organizadas do Corinthians indicaram que não compareceriam ao treino aberto por conta de algumas restrições impostas pela Polícia Militar ao evento.

"Em nosso único e raro momento, que se tornou uma alternativa de sermos torcedores de verdade, a PM de São Paulo novamente interfere com sua política repressora e ineficaz", alegou a organização da Gaviões da Fiel em uma nota publicada.

Procurada, a PM afirmou que foi solicitada sua participação no evento esportivo e que cumpre as exigências do Estatuto do Torcedor, de 2003. Por conta disso, o público foi menor do que os 40 mil esperados inicialmente - a Gaviões disponibilizou as suas entradas ao público geral.


Deixe seu comentário