Técnico da Rússia em Londres 2012 rebate Giba sobre doping

São Paulo, SP

24-01-2017 23:06:10

No último domingo, as declarações de Giba sobre a final olímpica do vôlei masculino de Londres 2012 ganharam repercussão mundial. O ex-jogador afirmou que sete integrantes da seleção russa foram pegos no doping, e que lutaria para que o Brasil herdasse o ouro caso o uso de substâncias ilícitas pelos europeus fosse comprovado.

Quem não gostou nada da declaração do brasileiro foi Vladimir Alekno, então técnico da seleção russa em 2012. O treinador, inclusive, relembrou que o ex-camisa 7 já foi pego por usar substâncias proibidas.

"Giba não tem mais a mesma relevância para influenciar sobre o processo de redistribuição de medalhas. Ele precisa se lembrar de que foi pego no exame antidoping uma vez, e foi punido por uso de maconha. Isto é um fato oficial, deixe Giba pensar nisso", disse ao site rsport.ru.

Não foi apenas Alekno que se manifestou. Jogador integrante da equipe russa em 2012, Taras Khtey lamentou as declarações infundadas do brasileiro.

"Nós não temos nada a esconder, pois passamos por um alto número de exames e saímos limpos das Olimpíadas. As declarações de Giba contra atletas da seleção russa foram tristes", afirmou Khtey.

Em Londres 2012, o Brasil saiu na frente na final contra a Rússia, abrindo 2 sets a 0. Porém, os europeus viraram e acabaram levando o ouro, vencendo por 3 sets a 2 (19/25, 20/25, 29/27, 25/22 e 15/9). Durante a partida, a Seleção ainda desperdiçou dois match points, e teve que se contentar com a prata.

Deixe seu comentário