Após nova expulsão, torcedores comparam Felipe Melo e Ralf; veja números

São Paulo, SP

21-08-2019 17:45:22

Se você abriu seu Twitter nesta quarta-feira (21) e achou estranho o volante Ralf, do Corinthians, estar entre os assuntos mais comentados, saiba que é porque Felipe Melo, do Palmeiras, foi expulso (de novo) contra o Grêmio, na noite da última terça, pela Libertadores.

O que tem uma coisa a ver com a outra? Pois bem: torcedores palmeirenses e corintianos foram às redes sociais para debater e discutir qual deles é o verdadeiro "pitbull", apelido carinhoso dado aos jogadores por suas respectivas torcidas. E, se depender dos números, temos um vencedor.

Segundo dados divulgados pelo perfil Goleada Info, Felipe Melo, aos 36 anos, soma 683 partidas e incríveis 24 expulsões. Elas, ainda, são especificadas: Grêmio (duas), Racing (duas), Seleção Brasileira (duas), Fiorentina (três), Juventus (três), Inter de Milão (três), Palmeiras (quatro) e Galatasaray (cinco).

Do outro lado, porém, Ralf, de 35 anos, não tem sequer um cartão vermelho atuando pelo Corinthians - e já são mais de 420 jogos em duas passagens pelo clube. A última (e talvez única) expulsão do jogador em sua carreira data de 2009, quando ele ainda atuava pelo Grêmio Barueri.

Mesmo com os números, porém, muitos foram os argumentos dos defensores de Felipe Melo: ele atuou por mais clubes, em mais competições e, portanto, em mais jogos, aumentando sua chance de levar cartões amarelos e vermelhos. Há ainda quem aponte que Felipe Melo "é perseguido e odiado pela arbitragem".

Outro número que vai contra o volante do Palmeiras é que, pelo clube, em 119 partidas, soma 53 amarelos e quatro vermelhos, em uma média de um cartão a cada dois jogos. Ainda assim, ele é considerado por muitos um dos melhores da posição atuando no Brasil atualmente.

Felipe Melo foi expulso aos 31 minutos do segundo tempo no duelo de ida das quartas de final da Libertadores entre Grêmio e Palmeiras, na Arena do Grêmio, na noite da última terça-feira. O time paulista saiu vitorioso com gol de Scarpa no primeiro tempo e leva a vantagem para o Pacaembu, na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília). Sem Felipe Melo, Thiago Santos deve herdar a vaga - ele entrou após a expulsão e logo levou cartão amarelo por falta.

Deixe seu comentário