Futebol/Liga dos Campeões

Astana empata com o Galatasaray e pontua pela primeira vez na história

São Paulo , SP
30/09/2015 15:01:23 — 30/09/2015 15:02:39

Em: Futebol Internacional, Galatasaray, Liga dos Campeões

O Astana só ficou no empate em 2 a 2 com o Galatasaray, em casa, nesta quarta-feira, mas a equipe fez história do mesmo jeito. Pela primeira vez na história da Liga dos Campeões da Europa, o Cazaquistão recebeu uma partida válida pela fase de grupos do principal torneio continental. De quebra, os anfitriões ainda pontuaram pela primeira vez na Champions.

O placar final deixa os dois times empatados na lanterna do grupo C com um único ponto somado. Na primeira rodada, os adversários foram derrotados pelo Benfica, em Portugal, e pelo Atlético de Madri, na Turquia. Os líderes se enfrentam nesta quarta-feira, às 15h45, no Vicente Calderón.

Com o resultado, as duas equipes surgem iguais na lanterna do grupo (foto: STANISLAV FILIPPOV / AFP)
Com o resultado, as duas equipes surgem iguais na lanterna do grupo (foto: STANISLAV FILIPPOV / AFP)

O jogo – Tentando voltar a brilhar na Liga dos Campeões como conseguiu em 2009/2010, com o título conquistado pela Internazionale de Milão, o meia Wesley Sneijder foi o primeiro a testar a meta de Eric com um ótimo chute à longe distância, mas o goleiro salvou o Astana logo aos três minutos.

O holandês levou perigo novamente na marca dos 11, quando pegou a sobra após um bate e rebate na área e completou para o gol, tirando tinta da trave do arqueiro anfitrião. Como resposta, o Astana levantou sua torcida dois minutos depois. Aproveitando bobeada da defesa do Galatasaray, Zhukov foi acionado na entrada da área e finalizou com firmeza, exigindo a defesa do uruguaio Muslera.

Apesar do susto anterior e das chances desperdiçadas, os turcos finalmente abriram o placar aos 29 do primeiro tempo. Novamente em articulação iniciada por Sneijder, o volante Kisa carregou a bola e concluiu para a meta. Mesmo bem posicionado, Eric foi iludido pela curva da bola e não foi capaz de impedir o primeiro gol da partida.

No retorno para o segundo tempo, todavia, o Astana não pareceu intimidado pela vantagem adversária. Aos sete minutos, a cabeçada de Maksimovic parou em Muslera, mas o chute de Dzholchiyev aos 18 só não balançou a rede pela falta de pontaria do meia, que tirou tinta da trave. Em lance parecido, dois minutos depois, foi a vez de Foxi se ver livre, na cara do goleiro uruguaio, e tocar para longe do alvo.

Embalado pela empolgação histórica, o time anfitrião chegou ao empate aos 31 e, se a pontaria de seus atletas não vinha bem, a zaga do Galatasaray garantiu uma ajuda. Após cruzamento executado pela esquerda, o beque Balta falhou no corte e acabou colocando a bola contra a própria meta.

Dez minutos depois, porém, o goleiro Nenad Eric fez lambança parecida. Depois de um chute cruzado de Gumus, o arqueiro se atrapalhou e voltou a colocar a equipe visitante em vantagem com um gol contra. Mesmo assim, aos 45 minutos, Cañas aproveitou um rebote para fuzilar a rede de Muslera e selar o primeiro ponto do Astana na história da Liga dos Campeões.

A partida foi a primeira sediada pelo Cazaquistão na história da Champions (foto: STANISLAV FILIPPOV / AFP)
A partida foi a primeira sediada pelo Cazaquistão na história da Champions (foto: STANISLAV FILIPPOV / AFP)