Futebol/Brasileiro Série B

Vasco cai diante do Avaí, perde mais uma, mas segue líder

Gazeta Press - Rio de Janeiro, RJ
02/07/2016 18:40:19 — 02/07/2016 18:42:41

Em: Avaí, Campeonato Brasileiro Série B, Futebol, Vasco
Foto: Carlos Gregório Jr/CRVG
Avaí venceu Vasco por 2 a 1 na Ressacada e impôs segunda derrota seguida aos líderes (Foto: Carlos Gregório Jr/CRVG)

O Vasco voltou a perder no Campeonato Brasileiro da Série B. Em partida disputada na tarde deste sábado, na Ressacada, em Florianópolis, o time de São Januário foi derrotado pelo Avaí por 2 a 1. Mesmo com o resultado negativo, o Vasco segue na liderança da competição com 28 pontos ganhos, empatado com o Atlético Goianiense, mas levando vantagem no número de vitórias. O Avaí subiu para 18 pontos e ocupa a 13ª colocação.

O jogo foi nervoso e repleto de polêmicas. Os dois treinadores foram expulsos e o Avaí acabou fazendo por merecer a vitória por ser mais objetivo ao aproveitar as oportunidades surgidas durante a partida. O Vasco voltou a cometer erros primários e acabou sendo castigado.

Na próxima rodada, sábado, às 18h30, o Vasco recebe o Brasil de Pelotas em São Januário para se reecnontrar com a vitória. Nesta terça-feira, às 19h15, o  Avaí vai visitar o Paraná, em Curitiba

O jogo – O Avaí criou a primeira oportunidade logo aos quatro minutos quando, após cobrança de escanteio, a defesa carioca falhou e a bola sobrou para William que chutou fraco e desperdiçou a chance. O Vasco respondeu aos dez minutos quando Eder Luis recebeu dentro da área e bateu por cima do travessão. O jogo ficou equilibrado com os dois times disputando a bola com grande intensidade, mas sem conseguir criar grandes lances de área.

Aos 19 minutos, depois de boa jogada de Julio Cesar pela esquerda, a bola sobrou para Andrezinho que bateu forte e encobriu o goleiro Renan.

A partida seguiu movimentada, embora com poucos lances de área. Os dois times dividiam as jogadas com muita disposição, mas sem grande objetividade. O número de faltas era grande, mas as chances de gol eram quase inexistentes.

Aos 34 minutos, Eder Luis arrancou pela direita e lançou para Nenê que tentou a conclusão, mas jogou por cima do travessão defendido por Renan. Um minuto depois, após cobrança de falta, Renato Júnior, livre na pequena área, conseguiu perder o gol, cabeceando para fora.

A equipe dirigida por Jorginho deu a resposta aos 37 minutos quando Leandrão recebeu na área, protegeu dos marcadores e rolou para Eder Luis, mas a bola saiu com algum perigo. Foi o último lance de perigo do primeiro tempo.

O segundo tempo começou sem mudanças nas duas equipes. E o Avaí saiu na frente aos quatro minutos. Após lançamento na área, a zaga cruz-maltina marcou mal e a bola sobrou para Renato Júnior, livre, para marcar o primeiro gol. Os cariocas protestaram, mas o zagueiro Aislan dava condição de jogo ao atacante da equipe catarinense.

O Vasco partiu para o ataque e quase chegou ao empate aos oito minutos, quando Julio dos Santos fez ótimo passe para Leandrão, mas o goleiro Renan saiu muito bem e abafou a jogada. Logo depois foi a vez de Julio Cesar receber na entrada da área e chutar com muito perigo.
Depois de sofrer o gol, o técnico Jorginho colocou Yago Pikachu e Caio Monteiro numa tentativa de tornar o time mais ofensivo. Aos 12 minutos, após cruzamento na área, Eder Luis desperdiçou a chance do empate, ao cabecear para fora.

Aos 19 minutos, Lucas Fernandes fez grande jogada, entrou na área, Yago Pikachu atrapalhou o goleiro Martín Silva que saiu para tentar a defesa e a bola sobrou limpa para Rômulo empurrar para as redes, ampliando a vantagem do Avaí.

Sem alternativa, o Vasco se mandou para o ataque e foi a vez de o goleiro Renan aparecer bem. O ex-goleiro do Botafogo apareceu muito bem ao defender um chute perigoso de Caio Monteiro. Dois minutos depois foi a vez de Nenê bater falta e Renan espalmar para escanteio. Na cobrança, Aislan duas veze e Caio Monteiro acertam o travessão, em sucessivas cabeçadas.

Aos 25 minutos, Rodrigo derrubou Rômulo fora da área, mas o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, William mandou no canto esquerdo, mas Martín Silva fez grande defesa, evitando o terceiro gol dos catarinenses.

Logo depois, os jogadores do time carioca pediram a marcação de um pênalti, alegando que a bola tocou na mão de um adversário dentro da área, após chute de Rodrigo. Alguns atletas receberam cartão amarelo e o técnico Jorginho foi expulso de campo.

O técnico Silas trocou o atacante Romulo pelo zagueiro Célio Santos para tentar segurar o resultado, enquanto o Vasco se lançou todo ao ataque para descontar a diferença.

Aos 40 minutos, o Vasco marcou o primeiro gol através de Caio Monteiro. Nenê recebeu na entrada da área e mandou uma bomba, Renan defendeu parcialmente e Caio Monteiro se aproveitou do rebote para colocar a bola nas redes.

O time de São Januário partiu para buscar o empate e o Avaí recuou para defender o resultado e o técnico Silas também foi expulso de campo, ao reclamar de uma decisão da arbitragem. A pressão cruz-maltina não deu resultado e o Avaí ficou com a vitória.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 2 X 1 VASCO

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 2 de julho de 2016 (Sábado)
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Adailton Fernando Menezes (GO)
Cartões Amarelos: Judson e Rômulo (Avaí); Martín Silva, Andrezinho, Leandrão, Marcelo Mattos e Julio Cesar (Vasco)

GOLS:
AVAÍ: Renato Junior, aos quatro e Rômulo, aos 19 minutos do segundo tempo
VASCO: Caio Monteiro, aos 40 minutos do segundo tempo

AVAÍ: Renan, Alemão, André Santos, Gabriel e Capa, Jajá, Judson (João Filipe), Renato Júnior e Diego Jardel (Lucas Fernandes) William e Rômulo ( Célio Santos)
Técnico: Silas

VASCO: Martín Silva, Madson (Yago Pikachu), Rodrigo, Aislan e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Caio Monteiro), Andrezinho e Nenê; Eder Luis (Evander) e Leandrão
Técnico: Jorginho