Nadal sai do top 5 no ranking da ATP; Soares é o segundo nas duplas

São Paulo, SP

17/10/16 | 08:59

Na mais nova atualização do ranking da ATP, Roger Federer e Rafael Nadal novamente perderam posições. Fora de atuação até a próxima temporada, Federer perdeu um posto e caiu para a oitava posição, enquanto Nadal, que havia cogitado encerrar a temporada, mas voltará a jogar no ATP 500 da Basileia, caiu da quinta para a sexta colocação.

A queda do espanhol aconteceu devido ao salto do canadense Milos Raonic, que subiu duas posições, ultrapassando Nadal e Kei Nishikori, e agora é o quarto colocado no ranking. Após cair na semifinal do Masters 1000 de Xangai, Novak Djokovic ainda encabeça a lista, mas com uma das menores vantagens dos últimos tempos para Andy Murray. Stan Wawrinka é o terceiro.

Rafael Nadal of Spain (L) walks past Viktor Troicki of Serbia (R) after their men's singles match at the Shanghai Masters tennis tournament in Shanghai on October 12, 2016. / AFP PHOTO / WANG ZHAO
Nadal foi eliminado em sua estreia do Masters de Xangai (Foto: Wang Zhao/AFP)

Gael Monfils, tenista francês, ultrapassou Federer para se colocar na sétima colocação e continuar forte na briga por uma vaga no ATP Finals. Quem também subiu bem na atualização foi o espanhol Roberto Bautista-Agut, vice-campeão em Xangai: da 19ª para a 13ª colocação.

Thomaz Bellucci, melhor brasileiro no ranking, subiu três postos e agora é o 62º tenista da ATP. Thiago Monteiro (88º) e Rogerinho Dutra (107º) mantiveram suas posições e João Souza, o Feijão, foi de 118º para 121º colocado.

Bruno Soares e Jamie Murray foram campeões de um dos maiores torneios do ano (Foto: Don Emmert/AFP)
Ao lado de Jamie Murray, Bruno Soares (direita) venceu o Aberto da Austrália e dos Estados Unidos em 2016 (Foto: Don Emmert/AFP)

No ranking de duplas, Marcelo Melo falhou em defender seu título no Masters de Xangai e caiu duas posições, indo para o sétimo lugar. Bruno Soares, que caiu nas quartas de final no torneio chinês, alcançou a segunda colocação da ATP, melhor posição da carreira.

Pela lista feminina, da WTA, a única mudança no top10 foi o salto de Dominika Cibulkova, campeã do WTA de Linz, da décima para a oitava colocação, ultrapassando Svetlana Kuznetsova e Johanna Konta. A dinamarquesa Caroline Wozniacki, campeã do WTA de Hong Kong, foi da 22ª para a 17ª posição na lista.

As brasileiras Paula Gonçalves e Teliana Pereira sofreram quedas. Paulinha perdeu duas colocações e foi para a 168ª posição, enquanto Teliana foi de 185ª para 199ª da lista, ficando perto de sair do top200. Bia Haddad Maia, de 20 anos, saltou da 314ª para a 275ª colocação.

Denmark's Caroline Wozniacki holds the trophy as she celebrates victory against France's Kristina Mladenovic after their women's final match at the Hong Kong Open tennis tournament on October 16, 2016. / AFP PHOTO / ANTHONY WALLACE
Antiga número um do mundo, Wozniacki voltou a vencer um título no WTA de Hong Kong (Foto: Anthony Wallace/AFP)

Deixe seu comentário