Kaká revela convite do São Paulo e aconselha Cueva a focar no campo

José Victor Ligero - São Paulo , SP
12/07/2018 15:02:06 — 12/07/2018 18:51:43

Em: Bastidores, Brasileiro Série A, Copa Sul-Americana, Futebol, São Paulo
Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Revelado nas categorias de base do São Paulo, Kaká voltou ao Morumbi durante a tarde desta quinta-feira. Mestre de cerimônias do evento que apresentou os novos uniformes de jogo da equipe, o ex-jogador deixou em aberto a possibilidade de no futuro  trabalhar pelo clube em outra função. Antes de se aposentar no fim de 2017, ele foi procurado pelo Tricolor para atuar dentro das quatro linhas.

“Quem sabe? Hoje não é a minha primeira opção. O Raí me deu uma possibilidade muito boa que é de estar próximo ao clube, próximo dele também, de entender um pouco, de fora, como funciona tudo isso. Mas fico feliz. Para entender um pouco, não é fácil. Não é por que tive bons resultados dentro de campo, que fora vou ter os mesmos. É uma perspectiva diferente, uma visão diferente”, disse Kaká, que presentou torcedores com as novas camisas.

“Toda vez que venho ao Morumbi é sempre uma sensação de diferente, sempre uma alegria de vestir essa camisa, número 8. As lembranças são excelentes, mas não tenho essa vontade (de jogar). Realmente, estou hoje no lugar onde gostaria de estar: como torcedor são-paulino. Embaixador da marca, do clube, enfim, o que fiz hoje foi muito legal. Por estar nesse outro momento da carreira, da vida”, acrescentou.

Patrocinado pela Adidas, nova fornecedora de material esportivo do São Paulo, Kaká falou sobre a chance de trabalhar como garoto-propaganda da parceria entre a marca alemã e o clube. “Isso não foi falado e comentado em nenhum momento. Era específico para esse lançamento da camisa mesmo. Tenho essa parceria com a Adidas. Foi vínculo específico para essa ação, ainda não foi nada falado. Para boas ideias, estou sempre disponível. Com relação ao São Paulo e a Adidas, estou disponível”, afirmou.

Na entrevista aos jornalistas, Kaká também comentou a situação de Christian Cueva. Após defender o Peru na Copa do Mundo, o meia se reapresentou ao técnico Diego Aguirre na última segunda-feira, mas pode nem ser aproveitado pelo clube no segundo semestre, pois as duas partes desejam uma negociação.

“Gosto muito dele como um talento dentro de campo. Acho o Cueva um excelente jogador. Falo não só para o Cueva, mas para os outros jogadores, de vez em quando a gente tem esse momento de falar: ‘não, o que faço dentro de campo é coisa minha, ninguém tem nada a ver com isso’. Só que temos que entender que vincula muito o que faço fora de campo com aquilo que faço dentro. As minhas responsabilidades fora vão refletir dentro de campo”, analisou, antes de mandar um recado ao peruano.

“Espero que ele realmente esteja muito consciente de que aquilo que ele faça fora de campo, ele traz para dentro do campo. Se é isso mesmo que ele quer, ótimo. Agora, que ele seja muito consciente das ações deles, pois tem um peso no que o clube vai decidir”, ressaltou Kaká, que vê chances reais de o Tricolor conquistar tanto o Campeonato Brasileiro quanto a Sul-Americana neste ano.

“Vejo o São Paulo com essa possibilidade. Depois que o Aguirre chegou mudou bastante a identidade, a cara do time e fez ótimos jogos antes dessa pausa. A expectativa agora é de que mantenha esse bons jogos e vai brigar lá em cima, brigar para ser campeão”, concluiu.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




×
Quer receber notícias do São Paulo?