Gazeta Esportiva

Cuca lamenta chances desperdiçadas e sente falta de Raniel

Bruno Ceccon - São Paulo,SP

31/08/19 | 14:13 - 31/08/19 | 15:48


Com a chance de pressionar os líderes Flamengo e Santos no Campeonato Brasileiro, o São Paulo ficou no empate sem gols contra o Grêmio na manhã deste sábado, no Morumbi. Ao analisar a partida, o técnico Cuca lamentou as chances perdidas e a impossibilidade de contar com Raniel, suspenso.

No primeiro tempo, ao pegar bola rebatida dentro da área, Antony bateu para fora na melhor oportunidade da partida. Ainda na metade inicial, apoiado por mais de 45 mil torcedores em seu estádio, o São Paulo assustou em dois chutes disparados por Tchê Tchê.

“Em um jogo entre dois grandes times, quando você consegue um poder de finalização como o que tivemos no primeiro tempo, com 12 situações, tem que fazer gol. Se você faz, vira outra partida e as coisas fluem mais facilmente. O Grêmio veio fechadinho e, no segundo tempo, passou a cozinhar o jogo”, afirmou Cuca.

Contra o adversário gaúcho, o treinador armou a linha ofensiva do São Paulo com Antony, Everton e Vitor Bueno. Na beirada do campo, Cuca sentiu falta do centroavante Raniel, expulso na derrota contra o Vasco e, portanto, suspenso nesta rodada do Campeonato Brasileiro.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Faltou (um centroavante). O 1 e o 9, você não faz. Precisa ter. O cara que tem instinto de matador, fome de gol. Em jogos como esse, com o adversário fechado atrás, é um cara que segura a bola, prende e vira para chutar. Às vezes, é preciso”, afirmou Cuca, ex-atacante.

Com 31 pontos, dois a menos que Flamengo e Santos, o São Paulo figura na terceira colocação do Campeonato Brasileiro. Pela 18ª rodada, o time comandado por Cuca volta a campo para enfrentar o Internacional às 19 horas (de Brasília) de sábado, no Beira-Rio.

Deixe seu comentário