Cuca diz entender protestos no São Paulo: “Temos que assimilar”

São Paulo , SP
09/06/2019 06:00:45

Em: Brasileiro Série A, Futebol, São Paulo

Assim que o juiz apitou o final da partida contra o Avaí, a torcida do São Paulo presente na Ressacada voltou a protestar pela má fase da equipe. A insatisfação se deve a mais um resultado ruim do time de Cuca, que, após o empate por 0 a 0, chegou a seis jogos sem vencer na temporada.

Eliminado precocemente da Copa Libertadores e da Copa do Brasil e derrotado pelo Corinthians na final do Campeonato Paulista, o São Paulo é apenas o sétimo colocado do Brasileirão, com 13 pontos, seis a menos que o líder Palmeiras – que ainda tem os três pontos da vitória sobre o Botafogo em julgamento.

“Ele [o torcedor] não vai entender. Como vai entender um time grande ficar uma série de partidas assim sem vencer? Protesto vai existir, temos que assimilar. Isso vai acabar quando vencermos jogos. Temos coisas importantes por fazer, e vamos seguir o que a gente planejou”, afirmou Cuca.

“Eles [os jogadores] já aqueceram pressionados, foram cobrados antes do jogo. É lógico que estar com o emocional em dia é importantíssimo, mas isso não é desculpa. A gente não deixou de ganhar por causa do torcedor, pelo contrário. Muitos viajaram de São Paulo, e não fomos capazes de dar a eles a vitória. Isso não é normal, e com certeza a diretoria está triste”, acrescentou.

Em crise, o São Paulo volta a campo na próxima quinta-feira, às 20 horas (de Brasília), para enfrentar o Atlético-MG, no Independência, pela nona rodada do Brasileirão, a última antes da pausa para a Copa América.




×
Quer receber notícias do São Paulo?