Santos perde força na Vila Belmiro e vê grandes tabus caírem em 2017

Correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

10-11-2017 09:00:40

O Santos de 2017 não conseguiu mostrar a força que sempre possuiu dentro da Vila Belmiro. Após a virada sofrida para o Vasco, na última quarta-feira, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Peixe alcançou a indigesta marca de sete derrotas no estádio na temporada.

Além do revés para o Cruz-Maltino, os santistas também perderam para São Paulo, Ferroviária, Palmeiras, Cruzeiro, Sport e Barcelona de Guaiaquil. O retrospecto ruim fez uma série de tabus do alvinegro caírem.

O triunfo do tricolor paulista, em fevereiro, findou logo dois de uma vez. Afinal, o Santos não perdia para o São Paulo na Vila desde 2009 e a última derrota em casa disputando um Paulistão havia sido em 2011.

Já pelo Campeonato Brasileiro, o Peixe viu o Sport vencer dentro de Urbano Caldeira pela primeira vez na história. Para completar, os santistas fecharam o primeiro semestre de 2017 com cinco derrotas, pior desempenho desde 1923.

Na Libertadores, o Santos ostentava um tabu de 34 anos sem perder para estrangeiros dentro da Vila. O último revés havia sido para o Junior Barranquilla, da Colômbia, por 3 a 1, em 1984. No dia 20 de setembro, porém, os santistas viram o Barcelona de Guaiaquil vencer por 1 a 0 e avançar para as semifinais do torneio continental.

Por fim, o triunfo do Vasco na última quarta-feira acabou com um bom retrospecto de 11 anos. A última derrota do Peixe para o time carioca dentro de Urbano Caldeira havia sido em agosto de 2006.

Faltando cinco rodadas para término do Campeonato Brasileiro, o alvinegro ainda terá pela frente Grêmio e Avaí na Vila. Caso perca os dois jogos, o clube igualará o pior desempenho em casa de sua história. Segundo dados Centro de História e Estatística do Santos, os piores anos foram em 1940, 1952 e 1986, com nove derrotas na temporada.

Deixe seu comentário