Palmeirenses minimizam derrota e focam em “campeonato de 15 pontos”

José Victor Ligero - São Paulo,SP

30-10-2016 17:59:40

O Palmeiras teve a vantagem sobre o vice-líder diminuída em apenas um ponto após derrota para o Santos (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
O Palmeiras teve a vantagem sobre o vice-líder diminuída em apenas um ponto após derrota para o Santos (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Como disse o técnico Cuca após o clássico contra o Santos, no último sábado, a derrota não abalou a confiança do Palmeiras em sua trajetória rumo ao título do Campeonato Brasileiro. Apesar do tropeço na Vila Belmiro, o Verdão segue isolado na liderança, com 67 pontos, cinco a mais que o segundo colocado Flamengo, que empatara com o Atlético-MG na 33ª das 38 rodadas da competição nacional.

“Queríamos ter oito (pontos de vantagem), mas não deu. As coisas não vão acontecer sempre a nosso favor. Nossa campanha é quase que irretocável, apesar da derrota. Agora é um campeonato de 15 pontos, em que nós largamos com cinco na frente dos demais e talvez ninguém chegue aos 15”, avaliou Cuca, refazendo as contas para o título palmeirense.

“Talvez 12 (pontos) sejam o suficiente para bater campeão. Temos que pensar muito em cima disso e valorizar jogo a jogo. Faltam cinco jogos para acabar o campeonato e nós temos uma boa vantagem de cinco pontos. Então, não tem nada a lamentar”, acrescentou.

Assim como o treinador, o lateral esquerdo Zé Roberto, titular no revés diante do Peixe, prefere ressaltar os aspectos positivos ao fim de mais uma rodada. “Essa derrota só nos fortalece, porque faltam cinco jogos e ainda continuamos na liderança. É levantar a cabeça que depende só de nós”, frisou o jogador de 42 anos.

Das cinco partidas restantes, o Palmeiras fará três em casa: contra Internacional, Botafogo e Chapecoense, respectivamente. Longe de seus domínios, o time comandado por Cuca enfrentará o Atlético-MG, terceiro colocado, e Vitória, que luta contra o rebaixamento. Por isso, o versátil Jean pede foco à equipe nesta reta final de campeonato.

“Agora é manter, continuar o que a gente vinha fazendo. Temos jogos em casa, o Galo fora que é um grande jogo. É manter o foco e voltar a nossas vitorias de antes, fazer nosso papel em casa que vai ser muito importante no decorrer do campeonato”, pregou o lateral direito e meio-campista.

O Palmeiras se reapresenta nesta terça-feira, após dois dias de folga, para iniciar a preparação ao confronto com o Internacional, marcado para o próximo domingo, às 17 horas (de Brasília), no Palestra Itália.

Deixe seu comentário