Auxiliar de Cuca se nega a atribuir 2ª derrota consecutiva aos desfalques

São Paulo, SP

31-07-2016 21:20:56

Suspenso pelo STJD, Cuca acompanhou das tribunas do estádio Luso-Brasileiro a derrota do Palmeiras por 3 a 1 para o Botafogo, neste domingo. A ausência do treinador fez com que os auxiliares Alberto Valentim e Cuquinha assumissem a direção da equipe. Coube a Valentim, inclusive, a tarefa de explicar o segundo tropeço consecutivo do clube no Brasileirão - o time já havia perdido do Atlético-MG, no último final de semana.

Valentim evitou dar justificativas concretas para o revés, mas foi enfático ao rejeitar a ideia de que os desfalques tenham sido decisivos para a queda de rendimento do time. A derrota deste domingo foi a segunda nos dois jogos disputados sem Fernando Prass e Gabriel Jesus. Também não esteve em campo nesta rodada o meio-campista Tchê Tchê, que cumpriu suspensão.

"São ausências que pesam", reconheceu Valentim, antes de exaltar o elenco alviverde. "Mas temos jogadores que treinam muito bem. O grupo é forte. O Cuca sempre falou que quer e vai contar com todos os jogadores durante o decorrer do campeonato. Tivemos um primeiro tempo muito atípico, não podemos pegar as ausências como álibi. O Brasileiro é longo e sabíamos que perderíamos alguns atletas".

O auxiliar de Cuca afirmou que o Palmeiras não pode ficar se lamentando por conta dos pontos perdidos diante de Atlético-MG e Botafogo. Segundo ele, o clube tem condições de interromper a sequência negativa e ultrapassar os rivais Corinthians e Santos na tabela. A próxima partida será nesta quinta-feira, contra a Chapecoense, na Arena Condá.

"Sabemos que o Brasileiro é muito equilibrado. Enfrentamos uma equipe que luta contra o rebaixamento, mas o Botafogo já mostrou que tem qualidade e bons jogadores. Terminando o primeiro turno e começando o segundo turno, nós sabemos que todos os jogos serão difíceis. Mas temos que estar sempre fortes e tentando jogar bem. Temos que recuperar os pontos das duas últimas rodadas para terminar o primeiro turno em primeiro", declarou.

Com 32 pontos, o Palmeiras caiu para terceiro lugar e deixou a liderança após oito rodadas. O Timão derrotou o Inter por 1 a 0, neste domingo, e se tornou o novo líder do Brasileiro, com 33 pontos. O Peixe, que superou o Cruzeiro por 2 a 0, tem os mesmos 32 pontos do Verdão, mas ocupa a vice-liderança graças aos critérios de desempate.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?