Renato detona gramado da Arena do Grêmio após vitória sofrida

São Paulo, SP

24-05-2018 00:57:14

O Grêmio teve muita dificuldade para superar o bloqueio montado pelo Defensor na noite dessa quarta-feira. Mesmo assim, os gaúchos conseguiram vencer os uruguaios por 1 a 0, graças a um chute de fora da área de Luan, e garantiram não só a classificação na liderança do grupo 2 da Copa Libertadores da América, como também a segunda colocação no geral.

Para o técnico Renato Portaluppi, seu time poderia ter encontrado um pouco mais de facilidade para desenvolver seu jogo, caso o gramado da Arena do Grêmio estivesse em melhores condições. Sem papas na língua, o comandante detonou a condição do campo.

“O que me tira do sério é irresponsabilidade da pessoa que cuida do campo do Grêmio. Esse rapaz não tem a mínima condição do cargo aqui na Arena. É inaceitável não cuidar do gramado - dispara. - É uma irresponsabilidade total. Trabalham na Arena porque o Grêmio existe. O mínimo é cuidar do gramado”, esbravejou.

O recado foi direto para Mauro Araújo, presidente da Arena Porto-Alegrense, empresa que gere o estádio e é responsável pelos cuidados com o gramado. Renato ainda reforçou que participou de uma reunião com Mauro Araújo, acompanhado do presidente do clube, Romildo Bolzan.

“O presidente fez um acordo comigo e com o pessoal da Arena que o Grêmio não treinaria mais para poupar o gramado. Nem às vésperas treinamos mais. Mas esta pessoa, por uma irresponsabilidade total, que não tem capacidade, está alugando a Arena e deixando fazer um torneio aqui, como ocorreu no último sábado. Encontramos o campo nestas condições. As pessoas não sabem”, revelou o treinador e ídolo maior dos gremistas.

Em nota oficial, a Arena Porto-Alegrense admitiu que o campo só terá uma melhora significativa após a Copa do Mundo, quando o período sem jogos servirá para a empresa realizar procedimentos que nesse momento não são possíveis.

“A Arena de Grêmio destaca que o desgaste do gramado é cumulativo, de acordo com seu uso. A frequência de jogos, treinos, pré e pós jogos e os eventos, contribuem para o desgaste do gramado.

Uma intervenção durante o período de recesso da Copa do Mundo já estava prevista. Houve uma reunião entre as diretorias da Arena e do Grêmio em que ficou acordado que a Arena entregará, após a Copa, um gramado de excelência novamente.

Até lá, deverão ser realizados procedimentos paliativos para dar condições de jogo.

A Arena dispõe de uma equipe especializada para cuidar do seu gramado e todo cuidado é tomado para manter a qualidade.

A Arena é multiuso e precisa manter os compromissos e contratos assumidos com antecedência, mas a prioridade sempre foi e sempre será o Grêmio”, diz a nota.

Deixe seu comentário