Futebol/ Campeonato Mineiro

Pouco badalado e em grave situação financeira, Cruzeiro estreia na temporada 2020

São Paulo , SP
22/01/2020 08:51:12 — 22/01/2020 08:53:56

Em: Boa Esporte, Campeonato Mineiro, Campeonatos, Cruzeiro, Futebol, Notícias, Times

O Cruzeiro faz sua estreia oficial na temporada 2020 nesta quarta-feira, diante do Boa Esporte, no Mineirão, pela estreia do Campeonato Mineiro. Será a primeira partida jogando diante de seu torcedor após o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro no final do ano passado.

Diferentemente de 2019, a Raposa estreará com um time muito menos balado e com caras novas. Em grave crise financeira, o time celeste já perdeu 15 jogadores e não fez nenhuma contratação impactante. A missão na primeira parte do ano, antes do início da Segunda Divisão, é equilibrar as contas e dentro de campo construir uma base sólida para voltar à elite do futebol brasileiro.

(Foto: Vinnicius Silva/ Cruzeiro)

Adilson Batista não deve trazer novidades, em comparação a equipe que treinou na Toca da Raposa durante a semana e fez um amistoso contra o Guarani-MG no último sábado, com Fábio; Edílson, Cacá, Léo e Rafael Santos; Edu, Adriano, Maurício e Rodriguinho; Wellington e Vinicius Popó.

Se o lado cruzeirense não vê com bons olhos o início do ano, a torcida do Boa Esporte está ansiosa. Os comandados por Nedo Xavier fizeram seis jogos de pré-temporada, com quatro vitórias e apenas uma derrota. Mais do que o resultado, os números animam. Foram 11 gols marcados e apenas três sofridos.

“Tem que mostrar trabalho né, eu acho que a preparação é muito forte aqui no Boa e que o time vai chegar muito bem no Mineiro”, comentou Silva, um dos reforços.

(Foto: Reprodução/ Boa Esporte)

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO x BOA ESPORTE

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 22 de janeiro de 2020, quarta-feira
Horário: 21h30 (Brasília)
Árbitro: Ronei Candido Alves
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Leonardo Henrique Pereira

CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Cacá, Léo e Rafael Santos; Edu, Adriano, Maurício e Rodriguinho; Wellington e Vinicius Popó.
Técnico: Adilson Batitsta

BOA ESPORTE: Renan Rocha, Chiquinho Alagoano, Wesley, Fernando Fonseca e Ferreira; Caio César, Igor da Silva, Abner, Gustavo Ermel, Denilson e Ceará.
Técnico: Nedo Xavier