Corinthians se consolida como “Rei dos clássicos” e segue impenetrável ante rivais em 2020

Tiago Salazar - São Paulo,SP

23-07-2020 05:00:30

A vitória sobre o Palmeiras nessa quarta-feira colocou o Corinthians à frente do arquirrival no retrospecto geral do confronto. Segundo as contas do clube alvinegro, agora são 128 vitórias, contra 127 triunfos palmeirenses, além de 108 empates.

Como detém larga vantagem sobre São Paulo e Santos, o resultado do último Derby serviu para consolidar o Timão como “Rei dos clássicos”, alcunha autoproclamada pelo clube do Parque São Jorge em suas redes sociais oficiais.

Diante do Tricolor do Morumbi, atualmente, são 130 vitórias corintianas, contra 105 do rival e outros 110 empates. Já no embate com o Santos se tem 132 vitórias do alvinegro da capital, fora os 97 empates e as 108 vezes que o time da Baixada Santista saiu vencedor.

Clássicos na Arena

Mesmo sem a presença da Fiel na Arena, o Corinthians também voltou a provar sua força em Itaquera. Agora, são 22 vitórias em 36 clássicos. O palco também teve 10 empates e apenas quatro derrotas dos mandantes frente aos seus rivais mais tradicionais. Ao todo, são 53 gols marcados e 26 gols sofridos.

Palmeiras na Arena
11 jogos
6 vitórias do Corinthians
3 vitórias do Palmeiras
2 empates

São Paulo na Arena
12 jogos
9 vitórias do Corinthians
0 vitória do São Paulo
3 empates

Santos na Arena
13 jogos
7 vitórias do Corinthians
1 vitória do Santos
5 empates

Clássicos em 2020

Sob o comando de Tiago Nunes, o Corinthians segue invisto em clássicos. O atual tricampeão Paulista venceu Palmeiras (1 a 0) e Santos (2 a 0) dentro da Arena e empatou com o São Paulo no Morumbi (0 a 0).

Os três embates significam justamente os únicos jogos neste Campeonato Paulista em que o Corinthians não levou gol.

“Esse tipo de jogo a gente sabe que os jogadores acabam transpirando mais, aparecendo mais, jogador de time grande acaba neste tipo de jogo se destacando. Três clássicos, vencemos Santos, Palmeiras e empatamos fora com o São Paulo com possibilidade de vitória. Acabamos tropeçando com adversários de menos tradição, mas faz parte de uma mudança de cultura do futebol do clube, mudança dos jogadores”, comentou o técnico corintiano.


Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?