Futebol/Copa Libertadores

Chape precisa vencer Nacional por dois gols de diferença para avançar na Libertadores

São Paulo , SP
07/02/2018 09:32:51 — 07/02/2018 09:37:29

Em: Chapecoense, Libertadores, Nacional (URU)
Jogadores da Chapecoense antes da partida contra o Nacional, na Arena Condá, pela Libertadores (Foto: Nelson Almeida/AFP)

A Chapecoense está em Montevidéu para o jogo de volta da Libertadores contra o Nacional-URU, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília). Na partida de ida ocorrida na semana passada na Arena Condá, a Chape perdeu de 1 a 0 e teve dois jogadores expulsos por agressão. Para passar para a próxima fase, precisa vencer por dois gols de diferença ou triunfar por 1 a 0 para levar a decisão aos pênaltis.

O confronto ainda é permeado por uma polêmica. Dois torcedores imitaram um avião durante o jogo de ida, na Arena Condá, em referência ao acidente sofrido pela Chapecoense, em 2016. Junto da Conmebol, o clube catarinense e familiares das vítimas pediram a exclusão do Nacional da competição.  Quem sair classificado do Gran Parque Central enfrentará o vencedor entre Banfield-ARG e Independiente del Vale-EQU. No fim dessa etapa, o “finalista” vai para o grupo 2, onde já estão Santos, Estudiantes-ARG e Real Garcilaso-PER.

O time comandado por Gilson Kleina precisa, primeiramente, colocar a cabeça no lugar para não deixar acontecer o mesmo da partida passada. O treinador não poderá contar com Perotti e Eduardo, avermelhados, e Canteros, vetado pelo departamento médico, mas Arthur volta e Moisés Ribeiro pode atuar. Nos dois treinos realizados em Montevidéu, Kleina não permitiu a participação da imprensa.

Já o Nacional precisa apenas segurar o resultado, já que fez um gol fora de casa. No entanto, o técnico Alexander Medina sabe que precisa tomar cuidado, pois o placar foi bem apertado.  Tricampeão, o Nacional é o time que mais participou da competição, mas em 2017 não fez uma boa campanha no Campeonato Uruguaio, abrindo algumas possibilidades para a Chape não deixar de sonhar com a vitória. Além disso, o Verdão já jogou contra a equipe no ano passado pela Libertadores.

FICHA TÉCNICA
Nacional-URU x Chapecoense

Local: Estádio Gran Parque Central, Montevidéu
Data: 7 de fevereiro de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Mario Díaz de Vivar (PAR)
Assistentes: Eduardo Cardozo e Juan Zorrilla (PAR)

NACIONAL-URU: Esteban Conde; Matías Zunino, Guzmán Corujo, Diego Arismendi e Jorge Fucile; Cristian Oliva, Santiago Romero, Alvaro González e Carlos De Pena; Tabaré Viudez e Sebastián Fernández.
Técnico: Alexander Medina

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Fabricio Bruno, Douglas e Bruno Pacheco; Marcio Araújo, Amaral, Lucas Mineiro e Nadson; Guilherme e Wellington Paulista.
Técnico: Gilson Kleina