CR7 reencontra uma de suas vítimas preferidas: o Atlético de Madrid

São Paulo, SP

20-02-2019 08:00:39

No dia 8 de abril de 2018, Cristiano Ronaldo disputava seu último Derby de Madrid com a camisa do Real, despedindo-se da maneira que melhor conhece: com gol. Meses depois, muita coisa mudou. E nesta quarta-feira, o gajo volta a encontrar o Atlético de Madrid, desta vez, defendendo as cores da Juventus, pela Liga dos Campeões.

O que não mudou são as péssimas lembranças que o torcedor colchonero tem do português, que fez do rival, durante seus anos de Real, sua terceira maior vítima. Ao todo, foram 29 encontros e 22 gols de Cristiano, o que deixa o Atlético atrás de Sevilla e Getafe, contra quem marcou 27 e 23 gols, respectivamente.

Desses 29 duelos, dois dos mais marcantes aconteceram justamente na Champions League, nas grandes finais das temporadas 2013/14 e 2015/16.

Em ambas as ocasiões, coube a Cristiano arrematar o placar. Na primeira, após o gol histórico de Sérgio Ramos aos 48 minutos do segundo tempo, que forçou a prorrogação, o camisa 7 anotou de pênalti o quarto gol do merengues, que venceram por 4 a 1.

Na segunda final, a decisão foi para as penalidades máximas. E depois de Juanfran desperdiçar sua cobrança, CR7, com o título nas mãos - ou melhor, pés -, foi para a bola e, com muita frieza, estufou as redes e deu a 11ª orelhuda para a sua torcida.

CR7 e Atlético de Madrid já se encontraram 31 vezes (Foto: AFP)

Difícil esquecer também a semifinal da Champions de 2016/17, quando no jogo de ida, o cinco vezes melhor do mundo anotou nada menos que um hat-trick, marcando o gol de número 400 pelo Real e deixando os merengues muito próximos da vaga na final. Eles até perderam o duelo de volta por 2 a 1, mas na sequência foi campeão em cima justamente da Juventus.

E não é só na Liga dos Campeões que CR7 vem sendo carrasco do Atlético. No Campeonato Espanhol, o atacante soma nove gols, incluindo mais dois hat-tricks. E na Copa do Rei, com seis tentos em oito jogos, eliminou o rival em duas oportunidades, nas quartas de final de 2010/11 e na semifinal de 2013/14. Mas, também caiu diante dos colchoneros na final de 2012/13 e nas oitavas de 2014/15.

E nesta quarta-feira, Cristiano Ronaldo retorna a Madri, agora com outra camisa, para disputar seu 32º duelo diante do Atlético, podendo adicionar mais números a essa escrita que já é para lá de vitoriosa. A bola rola às 17h (de Brasília), no estádio Wanda Metropolitano.

Deixe seu comentário