Sporting vence, iguala o Benfica e se aproxima do líder Porto

São Paulo, SP

19/02/18 | 19:33

Coates marcou o gol da vitória do Sporting no último minuto (Foto: AFP)

Nesta segunda-feira, no Estádio João Cardoso, o Sporting visitou o Tondela pelo encerramento da 23ª rodada do Campeonato Português, buscando vencer para igualar a pontuação do vice-líder Benfica. Já a equipe mandante queria o resultado positivo para se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento. Logo no começo da primeira etapa, os mandantes abriram o placar com Miguel Cardoso, mas o Sporting empatou instantes depois com o artilheiro Bas Dost. Mesmo com Mathieu expulso, o segundo tempo foi parecido com o primeiro: o time de Lisboa encurralava o Tondela e alçava inúmeras bolas na área adversária. Aos 53 minutos do segundo tempo, as bolas cruzadas surtiram efeito e o zagueiro Coates marcou o gol da vitória.

Com o resultado, os Leões igualam o Benfica com 56 pontos e ficam a dois pontos do líder Porto, mas continuam na terceira posição por causa do saldo de gols. Já o Tondela permanece na 11ª colocação com 25 pontos. Na próxima rodada, o Tondela visita o Braga, enquanto o Sporting volta à sua casa para enfrentar o Moreirense.

O Jogo

A partida começou com o Sporting controlando o jogo, mas sem oferecer perigo ao gol de Cláudio Ramos. O Tondela se fechava e buscava o contra-ataque. A estratégia dos mandantes funcionou melhor no início do jogo. Logo aos 2 minutos, Tomané aproveitou falha de Coates e chutou para defesa de Rui Patrício.

Aos 13, o goleiro não pôde fazer nada e o Tondela abriu o placar: Pedro Nuno tocou para Miguel Cardoso, que já dentro da área chutou ao gol para abrir o placar.

Buscando o empate, o time de Lisboa encurralou ainda mais o adversário. Aos 20, Gelson Martins chutou rasteiro para defesa em dois tempos do arqueiro. Dois minutos depois, foi a vez de Bruno Fernandes finalizar: a bola passou rente à trave. No lance seguinte, a bola finalmente entrou. Acuña cruzou na cabeça do artilheiro Bas Dost, que em sua especialidade estufou as redes.

O Sporting continuou em cima e um minuto após marcar chegou com perigo. Gelson Martins cruzou para Mathieu, o zagueiro ganhou no alto, mas cabeceou para fora. O Tondela chegou pela segunda vez com Tyler Boyd. O meio-campista chutou forte e exigiu Rui Patrício a fazer ótima defesa.

No final da primeira etapa, o jogo continuava da maneira que começou. O Sporting controlava o jogo com mais de 70% da posse de bola, porém, abusava das bolas alçadas na área. Mathieu desperdiçou outras duas chances de cabeça, já Bruno Fernandes finalizou mais uma de fora da área para ótima defesa de Cláudio Ramos.

Assim como no primeiro tempo, o Tondela começou melhor. Em arremate de bicicleta, Tomané ofereceu perigo aos Leões, entretanto foi assinalado impedimento. Antes dos 10 minutos, os mandantes ainda criaram duas oportunidades: Ricardo Costa, com a perna direita, e Jorge Fernandes, de cabeça, finalizaram para fora.

Aos 15, Mathieu colocou a mão na cara de Pedro Nuno para reclamar de falta dura em seu companheiro, o árbitro viu e deu o segundo amarelo para o francês. Apesar da superioridade numérica, o Tondela não mudou sua estratégia e continuava atrás.

O jogo se tornou truncado no meio de campo e as equipes não conseguiam criar oportunidades efetivas, até os 30 do segundo tempo, quando Tyler Boyd chutou atrapalhado pela zaga na mão de Rui Patrício. Após esse lance, o Sporting acordou para o jogo e voltou a amassar o Tondela. Aos 31, Acuña cobrou falta na entrada da área na barreira. Dois minutos depois, Bruno Fernandes arriscou de longe para defesa do arqueiro.

Nos minutos finais, o Sporting foi todo ao ataque e lançou inúmeras bolas na área. Dost, Doumbia e Bruno Fernandes desperdiçaram suas oportunidades, mas, no último minuto de jogo, a bola encontrou o zagueiro Coates, que marcou o gol da vitória dos visitantes. Irritados com o período acréscimo, os jogadores do Tondela foram para cima do árbitro. Na confusão, Murilo Freitas acabou expulso.

Deixe seu comentário