Gazeta Esportiva
LBF

Mais votada, Gil lidera seleção da LBF no Jogo das Estrelas

São Paulo, SP

29/03/18 | 13:25

Jaqueline, Thayná, Débora, Gil e Silvinha foram as escolhidas para formar o quinteto (Foto: Reprodução/LBF)

Somando 2.523 votos, dos mais de oito mil totais, a pivô do Uninassau, Gil, foi a atleta mais votada para integrar a Seleção da LBF no confronto contra a Argentina do Jogo das Estrelas, que acontece no próximo dia 8, no Ginásio Pedro Dell’Antonia, em Santo André (SP). Gil puxa a lista que conta com outras quatro atletas.

Na primeira vez que a cidade do ABC Paulista sedia o embate festivo, três jogadoras da equipe anfitriã fazem parte da equipe: a ala Jaqueline, que teve 1.956 votos, a pivô Silvinha (1.935 votos) e a armadora Débora (2.063). O time é completado com a ala Thayná, do São Bernardo (1.341 votos).

Para comandar o quinteto da seleção da LBF, foi escolhido o técnico do Blumenau, João Camargo, que terá como assistente Bruno Guidorizzi, treinador do Santo André. A dupla ficou com a missão de convocar as outras sete jogadoras que farão parte do time. As escolhidas foram: a armadora do Catanduva Natalia, junto a Mariana, ala/armadora do Blumenau, Patty (ala do Vera Cruz Campinas), Tassia (ala do Uninassau Basquete), Tati Pacheco (ala do Sampaio Basquete), Barbara (pivô do Presidente Venceslau) e Kelly (pivô do Ituano).

Antes do Jogo das Estrelas, outros três desafios farão parte do evento. Nas habilidades, disputam Débora (Santo André), Cacá (Blumenau), Lays (São Bernardo) e Babi (Vera Cruz Campinas, campeã em 2016). As quatro atletas foram indicadas por votação entre os técnicos da LBF.

As principais donas de cestas de três pontos na Liga, que tem a TV Gazeta como emissora oficial, participarão de um torneio. As selecionadas por critério estatístico foram Karla (Vera Cruz Campinas e atual campeã), Patty (Vera Cruz Campinas), Iza Andrade (Presidente Venceslau) e Tassia (Uninassau).

Iza Andrade volta à quadra para o inédito torneio de enterradas. Ela enfrenta Tati Pacheco (Sampaio Basquete), Thayná (São Bernardo) e a anfitriã Bianca. As atletas foram escolhidas após análise da LBF junto à Unicamp. As entidades estudam uma possível redução da altura do aro, que durante o torneiro estará à 2,75m do solo.

Deixe seu comentário