Adversária do Brasil, Sérvia triunfa sobre Nigéria; Borja perde pênalti pela Colômbia

São Paulo, SP

27-03-2018 17:54:06

Em partida amistosa realizada no The Hive Stadium em Londres, na Inglaterra, um duelo entre duas seleções que estarão na Copa do Mundo deste ano. A Sérvia, adversária direta do Brasil na fase de grupos, venceu a Nigéria por 2 a 0, com dois gols de Mitrovic apenas no segundo tempo.

Os sérvios serão o terceiro e último adversário dos brasileiros do Mundial e vinham de derrota na última sexta-feira para o Marrocos por 2 a 1. Suíça e Costa Rica completam o Grupo E.

A Nigéria, por sua vez, venceu a partida amistoso diante da Polônia também na última sexta-feira e, no Grupo D, terá Argentina, Croácia e Islândia na fase de grupos da Copa na Rússia.

O JOGO – A partida começou com a Sérvia tentando botar pressão, mas a Nigéria logo equilibrou e o primeiro tempo foi marcado por chances para ambos os lados. A Nigéria se postava muito bem no meio de campo, impedindo inicialmente o avanço de seus adversários.

Aos oito minutos, o goleiro nigeriano trabalhou pela primeira vez. Mitrovic girou e chutou com perigo, mas o arqueiro, ligado, defendeu do jeito que deu. Dois minutos depois, foi a vez do goleiro da Sérvia salvar a equipe. Moses dominou dentro da área, girou e chutou com perigo, mas Stojkovic espalmou para escanteio.

Com 12 jogados, a Sérvia chegou com muito perigo e desperdiçou grande chance. Tadic deu belo passe para Mitrovic, mas o zagueiro da Nigéria travou na hora certa e mandou para escanteio. Aos 13, polêmica no The Hive Stadium. Mitrovic cabeceou para o gol, Uzoho caiu em cima da linha e pegou a bola. Jogadores sérvios pediram gol, mas o árbitro mandou o jogo seguir. No replay, é possível ver que a bola entrou inteira.

Com 20 completos, foi a vez da Nigéria chegar com perigo, mas Kolarov estava lá para travar o ataque de Obi e impedir que a abertura do marcador. O jogo era lá e cá e os sérvios não tardaram a responder de novo. Aos 24, a Sérvia chegou com perigo com Matic e novamente Uzoho fez defesa em cima da linha, mas dessa vez a bola não entrou.

A Sérvia trocava passes no meio de campo, sem levar perigo à meta adversária. Aos 40, a Nigéria teve boa oportunidade após puxar contra-ataque, mas mas Ivanovic interceptou o lance na entrada da área. Sem conseguir a infiltração, a Sérvia começou a arriscar mais vezes de longe da área. Porém, sem êxito, o placar foi para intervalo sem gols.

A segunda etapa começou com a Sérvia tendo mais posse de bola, mas sem conseguir transformar essa superioridade em chances reais de gol. Apenas aos 18 minutos, os adversários do Brasil na Copa tiveram a primeira oportunidade, depois que Ighalo aproveitou a sobra e, mesmo caído, chutou com muito perigo por cima do travessão.

Cinco minutos depois, mais uma chance para a Sérvia e desta vez não foi desperdiçada. Mitrovic bateu de primeira após cruzamento da esquerda e mandou por cima de Uzoho, abrindo o placar em Londres. Aos 35, mais um dele. Kostic chegou à linha de fundo pela esquerda e cruzou para Mitrovic chutar de primeira e marcar o segundo dele e da Sérvia, decretando a vitória.

Austrália e Colômbia não saem do empate

Em partida entre duas outras seleções que estarão na Copa do Mundo, Austrália e Colômbia não saíram do 0 a 0 no estádio Craven Cottage, em Londres, na Inglaterra. Os sul-americanos estão no Grupo H, ao lado de Japão, Polônia e Senegal. Já os australianos figuram no Grupo C, junto com Peru, França e Dinamarca.

O jogo foi marcado por um lance infeliz do atacante do Palmeiras, Miguel Borja. Aos 41 minutos da etapa final, o colombiano teve a chance de cravar a vitória de sua seleção, mas desperdiçou uma cobrança de pênalti. Apesar disso, o jogador, que entrou no segundo tempo substituindo Falcão García, criou boas oportunidades e foi um dos melhores na partida.

Confira outros resultados desta terça-feira:

Marrocos 2 x 0 Uzbequistão

Deixe seu comentário