Botafogo busca 'milagre' contra Americano no Campeonato Carioca

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

23-03-2019 18:06:19

Botafogo precisa de combinação de resultados para avançar na Taça Rio (Foto: Vitor Silva/SSPress)

Fazendo uma campanha muito abaixo do esperado para quem sonha com a conquista do bicampeonato, o Botafogo tenta manter vivo o sonho do título neste domingo, quando encara o Americano a partir das 16h (horário de Brasília), no Estádio Elcyr Resende, em Saquarema (RJ), pela última rodada da fase de grupos da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

Sem chances de ser semifinalista via classificação geral, que leva em consideração o somatório dos dois turnos, o Alvinegro precisa ganhar a Taça Rio. Mas esta tarefa também está longe de ser realizada.

Após a goleada de 4 a 1 sobre a Portuguesa-RJ, o Botafogo chega a este final de semana na quarta colocação do Grupo C com oito pontos. Para se classificar, além de golear o Americano por três ou mais gols de diferença, precisa que o Flamengo seja derrotado pelo Fluminense e que a Cabofriense, que tem dez pontos, não consiga bater o Madureira em duelos simultâneos.

Esta partida do Madureira também interessa ao Americano, que vem de uma derrota de 2 a 0 para o Bangu e tem cinco pontos na classificação geral. Para fugir da temida Seletiva, o Cano tem que ganhar e torcer por um tropeço do Tricolor Suburbano contra a Cabofriense.

Diego Souza ajudou o Alvinegro na goleada sobre a Portuguesa-RJ (Foto: Vitor Silva/SSPress)

"Sabemos que a situação do Botafogo é complicada, mas enquanto existir esperança a nossa equipe precisa lutar e fazer a nossa parte. Temos que pensar em obter uma grande vitória contra o Americano e depois olhamos os demais resultados", disse o atacante Diego Souza, que anotou o seu primeiro gol com a camisa rubro-negra na goleada da quinta-feira.

O elenco, liderado pelo técnico Zé Ricardo, demostra preocupação com a necessidade de progredir em relação ao jogo contra a Portuguesa-RJ, principalmente com o que foi apresentado no primeiro tempo.

Veja também: Já classificado, Fluminense deve poupar titulares no Fla-Flu

"O primeiro tempo deve ser esquecido, pois não serve nem de lição. Se voltarmos a repeti-lo em outra situação com certeza vamos encontrar muitos problemas", disse o lateral-direito Marcinho. "Mas estamos trabalhando muito para que os erros sejam corrigidos e que a evolução do time possa ser cada vez mais rápida. O nosso pensamento é seguir sonhando com a classificação e vamos tentar fazer a nossa parte no domingo", completou.

Zé Ricardo só vai divulgar a escalação minutos antes do confronto, mas deve manter a base que goleou a Lusa, podendo promover alguma alteração para melhorar o poder de criação da equipe.


Pelo lado do Americano existe um clima de insatisfação com a arbitragem, inclusive do presidente do clube, Carlos Abreu, entrando em rota de colisão com a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). Em campo, o técnico Josué Teixeira adota um discurso pessimista.

"Não podemos ficar levantando ilusões, pois será um jogo muito complicado com o Botafogo. Porém vamos a campo pensando em ganhar, pois no futebol tudo pode acontecer", disse Teixeira.

Para a partida, o Americano vai voltar a jogar com três zagueiros, com Espinho, que cumpriu suspensão diante do Bangu, retornando para compor trio com Admilton e Gabriel. Assim, o atacante Nathan deixa o time e fica como opção no banco de reservas.

Pelo regulamento da Taça Rio, as equipes do Grupo B duelam com as do Grupo C e ao fim os dois melhores colocados se garantem nas semifinais. Já os dois piores colocados na classificação geral terão que disputar a Seletiva do próximo ano.

FICHA TÉCNICA
AMERICANO X BOTAFOGO

Local: Estádio Elcyr Resende, em Saquarema (RJ)
Data: 24 de março de 2019 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Gabriel Conti Viana (RJ) e Ivan Silva Araújo (RJ)

AMERICANO: Luis Henrique; Espinho, Admilton e Gabriel; Sanderson, Vandinho, Matheus Gama, Flamel e Rafinha; Daniel Marins e Romário. Técnico: Josué Teixeira
BOTAFOGO: Diego Cavelieri, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Jonathan; Alex Santana, Cícero e Gustavo Ferrareis; Erik, Diego Souza e Rodrigo Pimpão. Técnico: Zé Ricardo

Deixe seu comentário