Futebol Internacional/Liga dos Campeões

Roma surpreende ao eliminar Barça e “cala” jornal catalão

São Paulo , SP
10/04/2018 23:38:41 — 10/04/2018 23:59:46

Em: Barcelona, Futebol Internacional, Liga dos Campeões, Notícias, Roma

A Roma surpreendeu o Barcelona nesta terça-feira, no jogo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões. Após a própria imprensa espanhola dar a classificação do Barça à próxima fase do torneio continental como certa, os italianos fizeram história no Estádio Olímpico e com o surpreendente placar de 3 a 0 puderam se manter vivos no principal torneio de clubes do planeta.

Após o sorteio que definiu os duelos das quartas de final da Liga dos Campeões, muitos veículos espanhóis acreditaram que o Barcelona teve muita sorte de não ter de confrontar um adversário teoricamente mais forte, como Bayern de Munique, Real Madrid e Manchester City. O jornal Sport, da Catalunha, por exemplo, publicou em sua capa no dia seguinte ao sorteio a seguinte frase: “Um bombom”, em referência à suposta moleza que Messi e companhia teriam nesta fase.

Diário Sport havia publicado a seguinte capa após o sorteio que definiu as quartas de final da Liga dos Campeões (Foto: Reprodução)

Pois bem, não foi o que aconteceu. Dzeko, De Rossi e Manolas trataram de botar água no chope culé, que sabe bem qual é o gosto de uma remontada no estágio decisivo da Liga dos Campeões, uma vez que goleou o Paris Saint-Germain por 6 a 1 para se classificar às quartas de final na última temporada. O L’Equipe, principal jornal esportivo da França, inclusive, traz em sua manchete um trocadilho relacionando o episódio: “Romantada”.

Após a partida, De Rossi, que herdou a braçadeira de capitão após a aposentadoria de Francesco Totti, categorizou a noite desta terça-feira como uma das mais marcantes de sua carreira. O meio-campista foi às redes em uma cobrança de pênalti, consequência da falta de Piqué em Dzeko dentro da área.

“Esse é certamente um dos diais mais felizes da minha carreira na Roma. Fiquei comovido vend os torcedores antes dos jogos. Disse aos meus companheiros que se eles [torcedores] acreditavam, tínhamos que fazer o mesmo”, disse De Rossi.

“Eu tenho quase 34 anos, quero manter o equilíbrio. Percebi que meu gol contra gerou muitos comentários, mas prefiro jogar com coragem e me atacar na bola, correndo o risco, do que apenas jogar seguro. Tenho que lutar e dar tudo de mim por esses jogadores”, completou o capitão, se referindo ao gol contra que marcou no jogo de ida.

Jornal L’Equipe fez um trocadilho com a remontada da Roma (Foto: Reprodução)

O técnico do Barcelona, Ernesto Valverde, por sua vez, não escondeu a grande decepção por ser eliminado precocemente da Liga dos Campeões. Essa foi a segunda eliminação culé consecutiva nas quartas de final do torneio.

“É uma decepção para todos. Lamentamos por todos, sobretudo pela torcida, que levou um golpe duro. Temos que nos recuperar, porque temos duas competições pela frente que queremos ganhar. O treinador sempre é o responsável por tudo, o que decide a escalação, as alterações”, disse o treinador do Barcelona, que agora tenta terminar a temporada ao menos com o título espanhol e da Copa do Rei.