Não vamos aceitar dinheiro do PSG por Neymar, afirma presidente da LaLiga

São Paulo, SP

02-08-2017 14:32:07

Não é só o Barcelona que não está interessado na saída de Neymar do Barcelona. Javier Tebas, presidente do Campeonato Espanhol, declarou que a entidade não irá aceitar o dinheiro da multa rescisória que o Paris Saint-Germain deve pagar ao clube catalão para adquirir o camisa 10 da Seleção Brasileira.

“Não aceitaremos esse dinheiro de uma equipe como o PSG, que infringe as normas e as leis da Uefa e do fair-play financeiro, assim como as leis da União Europeia e do tribunal da Suíça”, afirmou o executivo em entrevista ao As.

O presidente da LaLiga ainda acusou o time parisiense de “concorrência desleal” por causa dos “aportes econômicos” que recebe de outros países – no caso o Catar –, o que ele caracterizou como “doping financeiro”. Além disso, Tebas garantiu que irá apresentar uma denúncia na Uefa, à União Europeia e ao Tribunal Arbitral da Suíça.

Leia mais:

Wagner Ribeiro afirma que Neymar pode ser apresentado nesta semana ao PSG

Messi se despede de Neymar com retrospectiva em rede social

Neymar não treina e é liberado pelo Barça para decidir seu futuro

Javier Tebas também não se mostrou preocupado com a possibilidade de o Campeonato Espanhol perder uma de suas grandes estrelas. “Ele é um grande jogador, mas, honestamente, a competição está acima do Neymar. Como todo respeito a ele, eu estaria mais preocupado se estivéssemos falando de Messi ou Cristiano Ronaldo. Mas vamos esperar e ver o que acontece”.

Neymar, que recebeu uma licença do Barcelona nesta quarta-feira, balançou as redes adversárias 20 vezes e deu 27 assistências em 45 partidas. Caso vá para o PSG, o atacante se juntará aos brasileiros Daniel Alves, Thiago Silva, Lucas e Marquinhos.

Deixe seu comentário