Gazeta Esportiva

Federação de futebol da Bósnia é criticada por marcar amistoso contra Rússia

AFP - São Paulo,SP

09/09/22 | 20:08 - 09/09/22 | 20:10

A decisão anunciada nesta sexta-feira pela Federação Bósnia de Futebol (NSBIH) de disputar um amistoso contra a Rússia, em São Petersburgo, em novembro provocou críticas no país.

Em um comunicado, a NSBIH anunciou que disputará um jogo contra a seleção russa no dia 19 de novembro, véspera da abertura da Copa do Mundo de 2022, para a qual ambas as equipes não estão classificadas, já que a Bósnia não conseguiu vaga via Eliminatórias e a Rússia foi excluída de todas as competições internacionais após a invasão à Ucrânia.

"Não é uma boa decisão. Quando a seleção começa a obter bons resultados, sempre há algo que dá errado", disse uma das estrelas do futebol bósnio, Miralem Pjanic, jogador do Al-Sharjah dos Emirados Árabes.

"Não tenho palavras, a federação conhece minha posição", acrescentou Pjanic, citado pelo portal sportske.ba.

A prefeita de Sarajevo, Benjamina Karic, condenou a decisão e ameaçou por fim à cooperação da capital bósnia com a NSBIH se o jogo for mantido.

"Condenamos com firmeza a decisão da federação de jogar um amistoso contra a Rússia. Sarajevo foi uma cidade assediada por um agressor durante muito tempo", afirmou Karic, em referência ao cerco sérvio durante a guerra da Bósnia (1992-1995), em plena ruptura da antiga Iugoslávia.

Deixe seu comentário