São Paulo

Maracanã | 29/04/2018

São Paulo vacila e cede empate para o Fluminense no fim

São Paulo , SP
29/04/2018 17:57:02 — 30/04/2018 01:44:06

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Fluminense, Futebol, São Paulo

O São Paulo desperdiçou, na tarde deste domingo, uma grande oportunidade de conquistar a sua primeira vitória como visitante no Campeonato Brasileiro de 2018. Jogando no Maracanã, contra o Fluminense, o Tricolor paulista abriu o placar no primeiro tempo, com gol chorado de Éder Militão, mas cedeu o empate aos 43 minutos da etapa final, quando Pedro marcou de cabeça, em duelo válido pela terceira rodada da competição.

Com o empate por 1 a 1, o time dirigido por Diego Aguirre segue na parte intermediária da tabela, no sexto lugar, com cinco pontos ganhos, dois a menos que o líder Flamengo. Já os comandados de Abel Braga, com quatro pontos, ficaram na décima posição.

Na próxima rodada, após dois jogos seguidos como visitante, o São Paulo voltará ao Morumbi para enfrentar o Atlético-MG, no sábado (5), às 19 horas (de Brasília). Um dia depois, às 16 horas, o Tricolor carioca irá encarar o Vitória, em Salvador.

O Jogo – O Fluminense começou tentando propor as ações ofensivas, mas não conseguiu pressionar os visitantes, que apostavam nos contra-ataques. Em um deles, aos 17 minutos, após boa trama pela esquerda, Nenê recebeu de Liziero no meio e chutou cruzado. A bola, porém, saiu sem força pela linha de fundo.

Aos poucos, com trocas de passes rápidos, os paulistas foram impondo seu ritmo e abriram o placar aos 23 minutos. Após cobrança de escanteio pela esquerda, Militão acertou a trave. No rebote, Diego Souza bateu de chapa e viu o goleiro Júlio César espalmar para o travessão. Na nova sobra, o zagueiro não perdoou e testou para a rede.

O gol fez os cariocas partirem para o ataque e exercerem certa pressão nos minutos finais do primeiro tempo. Aos 41, por exemplo, Léo cruzou pela direita e achou Marcos Júnior. Na tentativa do arremate, o atacante tirou a chance de Sornoza igualar o marcador.

Em busca do empate, o técnico Abel Braga voltou do intervalo com o atacante Matheus Alessandro no lugar do zagueiro Frazan. Diferentemente do primeiro tempo, a etapa complementar começou tensa e com muitas faltas, sendo Nenê, Liziero e Sornoza advertidos com cartão amarelo.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Liziero e Régis, cansados, foram substituídos por Edimar e Marcos Guilherme, respectivamente. Aos 26 minutos, o Fluminense reclamou muito de um suposto pênalti cometido por Arboleda, que tocou com o braço na bola ao dar um carrinho dentro da área. O árbitro Rodolpho Toski Marques, contudo, não atendeu aos pedidos dos mandantes.

Na parte final do duelo, uma sucessão de bolas na trave. Aos 32 minutos, Léo pegou rebote após cobrança de escanteio e arriscou de longe, acertando o poste direito de Sidão. Pouco depois, Marcos Guilherme cruzou, Everton esticou a perna e acertou o travessão. Logo em seguida, Robinho recebeu livre na direita, chutou cruzado e acertou a trave esquerda do arqueiro são-paulino.

O recuo dos paulistas custou caro. Aos 43 minutos, aproveitando cruzamento vindo da direita, o atacante Pedro venceu Arboleda por cima e, de cabeça, deixou tudo igual no Maracanã. O jogo ficou ainda mais aberto, mas nenhuma das equipes conseguiu desempatar a partida.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 1 SÃO PAULO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 29 de abril de 2018, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR-FIFA)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR-FIFA) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Público: 19.235 pagantes
Renda: R$ 565.405,00
Cartão Amarelo: Sornoza, Léo e Jadson (Fluminense); Nenê e Liziero (São Paulo)
Cartão Vermelho: –
Gols:
SÃO PAULO: Éder Militão, aos 23 minutos do primeiro tempo
FLUMINENSE: Pedro, aos 43 minutos do segundo tempo

FLUMINENSE: Júlio César; Renato Chaves, Gum e Frazan (Matheus Alessandro); Léo, Richard, Jadson (Pablo Dyego), Junior Sornoza e Ayrton Lucas; Marcos Junior (Robinho) e Pedro
Técnico: Abel Braga

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Arboleda e Bruno Alves; Régis (Marcos Guilherme), Jucilei, Petros e Liziero (Edimar); Nenê, Everton e Diego Souza (Tréllez)
Técnico: Diego Aguirre




×
Quer receber notícias do São Paulo?